Barretos 2 x 0 Juventus – Raio “acorda” Touro do Vale, que entra no G8!

Com a vitória, o BEC subiu sete posições e assumiu o quinto lugar

por Agência Futebol Interior

Barretos, SP, 10 (AFI) - O Barretos pegou o elevador na noite desta quinta-feira rumo a classificação ao fazer o dever de casa e vencer o Juventus, por 2 a 0, no Estádio Fortaleza, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Por outro lado, o Juventus viu sua crise aumentar e a zona de rebaixamento está ficando cada vez mais próxima.

Após se recuperar da derrota para o Monte Azul, o Touro do Vale chegou aos 19 pontos e assumiu a quinta colocação. Ao todo, o Barretos subiu sete posições com essa vitória. Sem vencer há sete partidas, o Juventus chegou ao terceiro jogo seguido sem balançar as redes e é o 13º colocado, com 14 pontos.

PARALISAÇÃO E GOL

A partida começou bastante equilibrada com os dois times se estudando. Na primeira grande oportunidade, Wilson Júnior bateu rasteiro e David Batista por muito pouco não conseguiu completar. Logo depois, em um lance parecido, a zaga do Juventus afastou o perigo antes que Wilson Júnior concluísse. Quem esperava que o Moleque Travesso iria jogar na retranca se enganou, tanto que vinha tendo mais posse de bola que o adversário.

O técnico Vilson Tadei (à dir.) continua realizando um grande trabalho no comando do Barretos
O técnico Vilson Tadei (à dir.) continua realizando um grande trabalho no comando do Barretos
Na metade do primeiro tempo, a chuva começou a cair em Barretos com uma maior intensidade, deixando a partida mais truncada e com os dois times sem conseguir trocar muitos passes. Aos 33 minutos, uma forte descarga caiu próxima ao Estádio Fortaleza e a arbitragem optou por paralisar o jogo. Os jogadores foram para os vestiários e alguns torcedores deixaram o local.

Cerca de cinco minutos depois, a chuva deu uma acalmada e o jogo recomeçou. Logo na sequência, o Barretos conseguiu abrir o placar. Wilson Júnior levou a melhor sobre os zagueiros adversários e rolou para David Batista, que finalizou na saída do goleiro. No minuto seguinte, o atacante desperdiçou a chance de fazer o segundo quando André Dias defendeu no cantinho.

Aos 45 minutos, bola cruzada na área do Barretos, Felipe Ferreira desviou e Júnior Beliato fez linda defesa, impedindo o empate do Juventus.

MATOU O JOGO

O Juventus esboçou uma pressão nos primeiros minutos do segundo tempo e criou boa chance com Natan, mas o goleiro do Barretos fez mais uma grande defesa. O gramado ainda estava com muitas poças d'água e por isso o Moleque Travesso não conseguia tocar a bola com frequência.

Almir Dias recebeu na entrada da área, dominou e soltou a bomba.. A bola passou raspando o travessão e levantou a torcida presente no Fortaleza. O Touro do Vale jogou um balde de água fria no Juventus aos 26 minutos. Pikachu recebeu de Jorge Preá e chutou no peito do goleiro. Almir Dias aproveitou o rebote e marcou o segundo para os donos da casa.

Depois do segundo gol, o Juventus desanimou e escapou de levar mais. Norton arriscou de longe e André Dias fez boa defesa. O time do Barretos ainda reclamou de um pênalti não marcado pela arbitragem do goleiro em cima de Jorge Preá.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo domingo às 10 horas pela 13ª rodada. O Barretos enfrenta o Penapolense no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis, e o Juventus recebe o Marília na Rua Javari, em São Paulo.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
12ª rodada
Data
10/03/2016
Horário
20h30
Local
Estádio Fortaleza - Barretos (SP)
Árbitro
Raphael dos Santos Alves

Renda
R$ 17.395,00
Assistentes
Leandro Matos Feitosa e Renata Ruel Xavier de Brito

Público
848 pagantes
Cartões Amarelos
Barretos: Cleidson, Diogo Marzagão
Juventus: Derli, Felipe Nunes, André Astorga

Gols
Barretos: David Batista 30' 1T, Almir Dias 26' 2T
Barretos
Junior Beliato;
William Cordeiro, William Mineiro, Garutti e Gleidson;
Marzagão, Ualisson Picachu, Lídio (Diego Araújo) e Norton;
Wilson Júnior (Almir Dias) e David Batista (Jorge Preá).
Técnico: Vilson Tadei
Juventus
André Dias;
Rafael Ferro, André Astorga, Rodolfo e Paulo Vitor;
Felipe Nunes (Adiel), Derli, Nathan (Alessandro) e Adriano Paulista (Roberto);
Felipe Ferreira e Diogo.
Técnico: Rodrigo Santana