Paulista A3: Com salários atrasados e em crise, Varlei deixa o Barretos

Para tentar contornar a situação dos salários atrasados, o Barretos ofereceu uma espécie de "vale carnaval" aos jogadores

por Oscar Silva

Barretos, SP, 16 (AFI) – A paciência acabou para o técnico Varlei de Carvalho. Depois de ficar mais de 45 dias sem receber, o treinador pediu para deixar o Barretos nesta segunda-feira. Miltão, presidente de honra, tentou contornar a situação, mas os números não negam: o clube ainda deve as premiações do acesso em 2014. Na Série A3, o comandante deixa o BEC na quinta posição, com nove pontos, com duas vitórias e três empates.

O grande trabalho de Varlei era visível dentro de campo. Apesar do empate fora de casa com a Itapirense por 1 a 1, o Barretos chegou a brigar pela liderança nesse começo de competição. Com respeito do elenco, o treinador deixa o clube por divergências com a diretoria, já que nunca apresentou problemas com o elenco.

Para tentar contornar a situação dos salários atrasados, o Barretos ofereceu uma espécie de "vale carnaval" aos jogadores, para que ninguém abra a boca para a imprensa denunciando os atrasos salariais, que podem acarretar em perda de pontos na Série A3.

QUEM CHEGA?
Toda vez que a diretoria barretense muda de treinador surge o nome de Walter Ferreira. Para substituir Varlei estão sendo cogitado vários nomes, mas o provável substituto será mesmo o queridinho do diretor de futebol Milton Aparecido da Silva, o Miltão. Ferreira participou da campanha de acesso do BEC em 2011.

"Estamos fazendo essas mudanças para o bem do clube, elenco e torcida, e temos certeza que estamos no caminho certo. Só temos que agradecer o treinador Varlei de Carvalho que é um profissional competente e que nós ajudou muito, mas entendemos que era necessária essa mudança", afirmou o dirigente Miltão.

O próximo compromisso do Barretos será na próxima sexta-feira, às 20 horas, em Barretos, contra o líder Internacional.

 
 
" />