Meio-campista da Seleção Brasileira retorna ao Brasil para tratar lesão

Philippe Coutinho retornou ao Brasil para continuar seu tratamento no menisco após nova cirurgia realizada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 1 (AFI) - O Barcelona divulgou uma nota oficial na última segunda-feira para anunciar que o jogador brasileiro Philippe Coutinho, vai viajar ao Brasil para uma nova fase do tratamento de sua lesão no joelho. Em 30 de dezembro de 2020, Coutinho lesionou o menisco externo do joelho esquerdo durante uma partida contra o Eibar pelo Campeonato Espanhol.

O atleta passou por uma artroscopia no início de janeiro e tinha previsão de volta aos gramados no mês de abril, mas a recuperação vem demorando mais do que o esperado.

Foto: Pau Barrena / AFP
Foto: Pau Barrena / AFP

NOVA CIRURGIA

Segundo o "Esport3", canal de TV da Catalunha, Coutinho precisou passar uma nova cirurgia na semana passada em função de um acúmulo de líquido no joelho esquerdo. Apesar do Barcelona não ter confirmado a nova operação, a vinda do jogador ao Brasil é um sinal de que a recuperação de Coutinho pode estar passando por dificuldades.

OPINIÃO DO ESPECIALISTA

O Dr. Pedro Baches Jorge, ortopedista especialista em joelho e Medicina do Esporte, explica como é feito procedimento da artroscopia e comenta a lesão de Philippe Coutinho.

"O menisco é basicamente o amortecedor do joelho. Há um menisco na parte externa e um na interna, e eles ficam exatamente entre os principais ossos da perna, o fêmur e a tíbia, para amortecer o impacto entre eles, como uma borrachinha.

Quando esta ‘borracha’ sofre uma sobrecarga ou entorse, ocorre a lesão do menisco. Sempre por via artroscópica, basicamente, existem dois tipos de intervenção no menisco. Uma delas é a retirada da parte lesionada, chamada meniscectomia parcial, que é de rápida recuperação e o retorno pode dar-se em até 45 dias.

E o outro procedimento é a sutura do menisco, que tira o jogador por mais tempo dos gramados, mas evita a perda de parte dessa estrutura tão importante", explica o Dr.

EX-VASCAÍNO É PRESO NA COLOMBIA POR VIOLENCIA DOMÉSTICA