Candidato à presidência do Barcelona revela motivo por ter rejeitado CR7

Na época, a diretoria do Barça optou pela contratação do zagueiro mexicano Rafa Márquez e de Ronaldinho Gaúcho

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - Joan Laporta, um dos candidatos à presidência do Barcelona, relembrou, em entrevista, de quando recusou a contratação do craque português Cristiano Ronaldo, ainda jovem, quando estava no Sporting, de Portugal.

DEIXOU PASSAR?

O candidato revelou que o Staff de Rafa Márquez ofereceu CR7 para o Barcelona, por um preço menor do que seria vendido ao Manchester United.

Messi e CR7 poderiam ter sido companheiros de time - Foto: Reprodução
Messi e CR7 poderiam ter sido companheiros de time - Foto: Reprodução
"Estávamos prestes a contratar Ronaldinho e Rafa Márquez. O staff de Márquez nos propôs Cristiano Ronaldo. Ele estava no Sporting de Portugal na época. Um dos seus agentes disse que tinha um jogador que ia vender para o Manchester United por 19 milhões de euros, mas que ele nos venderia por 17 milhões de euros", revelou.

OPÇÃO CORRETA?

Mesmo com o preço acessível e a promessa de um grande jogador para o futuro, a diretoria do Barça optou pela contratação do zagueiro mexicano Rafa Márquez e de Ronaldinho Gaúcho.

"Mas já tínhamos decidido apostar no Ronaldinho naquela época. Cristiano jogava mais na ala do que no centro. Achávamos que estávamos com muitas opções por ali, então o rejeitamos e não me arrependo", explicou.

OUTRO RUMO

Após o Barcelona ter rejeitado a contratação de Cristiano, o craque português foi ao Manchester United, onde foi campeão da Liga dos Campeões, do Mundial de Clubes, venceu três vezes o Campeonato Inglês e foi considerado o melhor jogador do mundo pela primeira vez. Em seguida, foi para o Real Madrid, onde despontou.