Liga dos Campeões: Valverde alerta o Barcelona para a 'grande velocidade' do United

Valverde revelou que ainda tem na cabeça a eliminação do ano passado para a Roma, quando venceu no Camp Nou

por Agência Estado

Campinas, SP, 09 - O técnico Ernesto Valverde alertou os jogadores do Barcelona para não deixarem o Manchester United imprimir grande velocidade no jogo desta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), em Manchester, pelo confronto de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

"Eles têm jogadores muito rápidos. Se deixarmos espaços, vamos sofrer na partida", disse o treinador do time catalão, em entrevista coletiva, antes do treino de reconhecimento de sua equipe no estádio Old Trafford.

Valverde alerta o Barcelona para a 'grande velocidade' do United
Valverde alerta o Barcelona para a 'grande velocidade' do United
"É claro que eles têm qualidades para nos prejudicar", disse Valverde. "Possuem bom conjunto, bons jogadores e o entusiasmo da torcida. Não podemos perder o controle do jogo." E acrescentou: "Eles mostraram força quando, mesmo com vários desfalques, conseguiram bater o Paris Saint-Germain, na França, por 3 a 1".

Valverde revelou que ainda tem na cabeça a eliminação do ano passado para a Roma, quando venceu no Camp Nou por 4 a 1, mas perdeu na capital italiana por 3 a 0 nas quartas de final. "Vimos a derrota mais como um estímulo do que qualquer outra coisa", disse o treinador.

EM CASA
Desta vez, a decisão pela vaga para a semifinal será na Espanha. "Todos sabemos a importância de fazer gols nesta primeira partida", disse Valverde, que confia em seus jogadores. "Eles sempre responderam nos momentos importantes da temporada, tanto na Liga (Espanhola) como na Liga dos Campeões."

Para Valverde, o duro clássico frente ao Atlético de Madrid, no último sábado, pelo Espanhol, não vai servir de desculpa em caso de derrota. "Tivemos quatro dias de descanso e vencemos uma partida fundamental na Liga. Compensa ter esse déficit físico", ressaltou.

O atacante Ousmane Dembélé, que se recupera de lesão, viajou com a delegação, mas não vai jogar. "Não vou correr riscos excessivos", afirmou o treinador.