Carioca: Recém-chegado ao Bangu, Gabriel Pajé se inspira em ídolo conterrâneo

O atacante espera poder brilhar com a camisa do Alvirrubro carioca no Estadual

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) - O Campeonato Carioca 2021 iniciou nesta última terça (02), quando o Flamengo bateu o Nova Iguaçu no Maracanã, com a vitória no placar mínimo. Dando sequência à primeira rodada, o Bangu visita o Macaé, às 15h, no Estádio Eduardo Guinle.

Prestes a estrear, o elenco banguense foi devidamente apresentado e o que chamou atenção foi o número considerável de componentes nascidos no estado de São Paulo. Ao todo plantel contará com oito paulistas, são eles o zagueiro Bruno Fandinho; o lateral Eduardo Brito; os meias Marcelo Mattos, Geancarlo Slaviero, Matheus Olavo, Edmundo Appolinario: o atacante Gabriel Pajé e o técnico Marcelo Marelli.

Ainda indisponível para estrear, o Pajé comentou sobre o que espera para o Carioca 2021 e também sobre ter tantos conterrâneos à disposição de Marcelo Marelli.

Gabriel Pajé quer fazer história com a camisa do Bangu. Foto: Caio Almeida/Bangu
Gabriel Pajé quer fazer história com a camisa do Bangu. Foto: Caio Almeida/Bangu

QUER SER LEMBRADO!

"Com certeza vai ajudar, sim, a vontade de querer honrar nosso estado, nossas cidades, vai fazer com que o querer vencer seja nítido o tempo todo e acho que isso pode ser um diferencial.

O Bangu é uma equipe quem tem sua história em cenário nacional e acaba se tornando uma expiração para todos os que estão aqui. E claro, não é novidade para o torcedor, o estado de São Paulo fechou o gol do melhor elenco banguense por 5 temporadas seguidas, com as mãos do goleiro Gilmar. Assim como ele quero deixar o meu nome na história", afirmou o atacante de 23 anos.

LÚCIDO!

"O dia a dia tem sido bom, acabei de chegar e o grupo me recebeu bem, estamos motivados para fazer um bom campeonato. Sabemos da responsabilidade que é representar este clube, essa torcida, sabemos da pressão que é mesmo estando fora da elite do futebol brasileiro.

A torcida pode esperar muita vontade de vencer e de fazer gols para que a torcida tenha as felicidades que ela merece", concluiu o Pajé que se apresenta ao Bangu como candidato para uma das vagas de titular.

JOGOU EM SUA TERRA

Revelado pelo São Paulo em 2014, ele passou na base do Santos e do Sporting-POR e tem atuações como profissional por Tombense-MG, Atlético-GO, CRB, Sertãozinho e Prudente-SP.

CONFIRA: TÉCNICO DO SUB-20, MAURICIO SOUZA, FALOU APÓS A VITÓRIA SOBRE O NOVA IGUAÇU

Espaço incorporado por HTML (embed)