LUTO! Ex-Bangu, Botafogo e Atlético-MG morre aos 62 anos

Marinho estava internado em um hospital de Belo Horizonte desde o início de abril

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 15 (AFI) - A semana começou com uma notícia muito triste para o futebol brasileiro. Faleceu nesta segunda-feira, aos 62 anos, o ex-atacante Marinho, que se destacou com as camisas de Bangu, Atlético-MG e Botafogo.

Marinho estava internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Alberto Cavalcanti, em Belo Horizonte, desde abril por conta de uma infecção no pâncreas.

O ex-atacante Marinho faleceu nesta segunda-feira aos 63 anos
O ex-atacante Marinho faleceu nesta segunda-feira aos 63 anos

O ex-jogador, porém, já vinha com a saúde um pouco debilitada, tanto que, antes de ser internado, realizou três cirurgias recentes. Ele teve câncer de próstata, pancreatite e problema no estômago.

BIOGRAFIA
Ídolo por onde passou, o ponta-direita Marinho, extremamente habilidoso e rápido, surgiu no Atlético-MG, em 1976, ano em que disputou a Olimpíada de Montreal.

No Bangu, atingiu o auge da carreira, ao ser eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de 1985, no qual o time carioca perdeu a final para o Coritiba, e foi convocado para a seleção brasileira pelo técnico Telê Santana. Ele também foi vice-campeão carioca.

Em 1988 e 1989, Marinho atuou pelo Botafogo e foi bicampeão carioca, mas sua carreira já entrava em declínio por conta de inúmeros problemas pessoais, entre os quais, uma tragédia familiar.

O jogador viveu derradeiro episódio a 12 de fevereiro de 1988, quando seu filho Marlon, de um ano e sete meses, morreu afogado na piscina de sua mansão, em Jacarepaguá, enquanto ele concedia uma entrevista a uma emissora de televisão a poucos metros do acidente.