Segundona: Torcedor se exalta, briga na arquibancada e acaba levado pela PM

Logo após o árbitro Paulo Cesar Francisco encerrar o duelo, Lucas do Carmo França arranjou confusão e foi denunciado

por Agência Futebol Interior

Andradina, SP, 17 (AFI) - Pela 12ª rodada do Grupo 1, o Andradina, sábado, foi derrotado por 1 a 0 para o Bandeirante e perdeu a chance de garantir a classificação no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Apesar disso, o duelo, disputado no estádio Evandro Brembatti Calvoso, em Andradina, também ficou marcado pela confusão nas arquibancadas.

Logo após o árbitro Paulo Cesar Francisco encerrar o duelo, o torcedor local, de nome Lucas do Carmo França, se exaltou e acabou gerando uma briga nas arquibancadas.

Bandeirante comemora gol sobre o Andradina - Foto: Divulgação / Bandeirante EC
Bandeirante comemora gol sobre o Andradina - Foto: Divulgação / Bandeirante EC

Por conta disso, a Polícia Militar precisou ser acionada e levar o rapaz para o plantão policial, onde foi realizado um Boletim de Ocorrência.

A situação, inclusive, foi divulgada na súmula do confronto.

"Após o término da partida, quando a equipe de arbitragem já se encontrava no vestiário, adentrou o sargento Marcus, da Polícia Militar do Estado de São Paulo, e o presidente do Andradina EC, sr. Sidney Giron, relatando que houve uma confusão na arquibancada, envolvendo torcedores, sendo identificado como causador o sr. Lucas do Carmo França", relatou o árbitro.

ERA TORCEDOR DA CASA
Só mais tarde é que se soube que o torcedor identificado e detido pertence ao time da casa, o Andradina.

"Dois integrantes da delegação do Bandeirante de Birigui, após comemorarem o resultado, ao final do jogo, foram acuados por alguns torcedores andradinenses mais exaltados.

O torcedor detido havia atirado um copo de cerveja em um diretor do Bandeirante Esporte Clube, gerando a confusão (rapidamente contida)" - explica o Marlon Leandro que acompanha as partidas do Bandeirante.

Segundo ele, existe um clima de muita harmonia entre as duas diretorias e também entre suas torcidas. O caso teria sido isolado.

SITUAÇÃO
O Grupo 1 é liderado pelo Fernandópolis, com 21 pontos. O G4 ainda tem Andradina, com 18; Tupã, com 17; e José Bonifácio, com 14. Osvaldo Cruz, com 12; Bandeirante, com dez; e América, com oito, estão sendo eliminados.