Baiano: Após perder treinador, Fluminense age rápido e contrata ex-Sete-MS

Chiquinho Lima assume o clube para a disputa do Estadual 2019

por Agência Futebol Interior

Feira de Santana, BA, 01 (AFI) - Depois de pouco mais de 48 horas do desligamento de Evandro Guimarães, do comando técnico, a diretoria do Fluminense de Feira anunciou de forma oficial Chiquinho Lima como novo treinador para a sequência da pré-temporada para o Campeonato Baiano 2019. A expectativa é de que na quarta-feira, no retorno das atividades dos atletas, o novo comandante já seja apresentado.

Francisco Eleazar Lima Ramos, tem 41 anos, é ex-jogador de futebol profissional e atua como treinador desde 2012. Começou como treinador das categorias de base do Águia Negra\MS em 2012, onde permaneceu até 2015 quando veio para a Bahia e teve a sua primeira experiência por aqui treinando o Atlético de Alagoinhas. Voltou ao Mato Grosso do Sul onde trabalhou no Operário em 2016 esteve no Sete da cidade de Dourados, que enfrentou o Fluminense na Série D daquele ano.

Chiquinho Lima é o novo técnico do Fluminense-BA
Chiquinho Lima é o novo técnico do Fluminense-BA
Por sinal, Lima teve seu nome cogitado para assumir o Touro do Sertão, ainda naquele ano quando o então treinador Arnaldo Lira deixou o comando da equipe para tentar uma eleição para vereador em Fortaleza\CE. No seu currículo ainda consta passagens por times do Rio de Janeiro e Santa Catarina, onde teve o seu trabalho mais recente no Almirante Barroso, clube oriundo da cidade de Itajai. Os dirigentes correram contra o tempo para fechar com o técnico.

“Alguns nomes foram contactados, foi uma grande luta do presidente Zé Chico, do vice Junior Mesquita, do nosso gerente Erivaldo Domício e minha para fechar esse nome até porque uma altura dessa, a maioria dos profissionais está empregada. Conseguimos e agora é torcer para que ele faça um grande trabalho”, disse Luiz Paolilo Filho, assessor da presidência.