Gerente de futebol realiza grande trabalho no Bahia e projeta futuro do clube

O gerente de futebol revelou que em sua chegada ao Bahia, decidiu morar 45 dias no CT do clube

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 10 (AFI) - Contratado no início desta temporada para assumir o cargo de gerente de futebol do Bahia, Júnior Chávare atua diretamente na captação de novos reforços para a equipe principal, base e time de aspirantes, vindo com experiência recente pelo Atlético Mineiro, trabalhando no Tricolor ao lado do diretor executivo Lucas Drubscky, do coordenador Renê Marques e da Diretoria Executiva, formada por Guilherme Bellintani e Vitor Ferraz.

REALIDADE

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
O gerente de futebol revelou que em sua chegada ao Bahia, decidiu morar 45 dias no CT do clube para se habituar com o time e entender a situação econômica da equipe baiana. Segundo ele, é preciso ter uma agilidade e ser agressivo na busca por reforços.

“Nós temos que ser ágeis, agressivos, foco. Com certeza, nós não venceremos nossos concorrentes na questão financeira. Poder econômico não é o nosso grande diferencial. Nosso diferencial é estar à frente no mercado e saber bem quem a gente quer. E mais do que tudo, a estrutura e saúde financeira, que no resto do país é encarado como clube modelo”, afirmou Chávare.

ASPIRANTES

Nesta quinta-feira, o Bahia fará sua estreia no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, diante do Vitória. Sem técnico desde o fim do Campeonato Baiano, o gerente de futebol explicou como está o planejamento do time de transição e afirmou estar próximo de anunciar um novo comandante para a categoria.

“O novo treinador ainda não está definido. Tínhamos um leque de entrevistas que estão sendo realizadas. Não começamos entrevista antes de acabar Campeonato Baiano. Estamos avançados com alguns nomes. Estamos em reta final com nomes que exigem mais etapas de entrevista. Nós temos muita tranquilidade, calma. Segundo semestre do transição é processo de plantio”, disse.