Clube do Brasileirão detona arbitragem: "vergonha", "escândalo"

Bahia parou na 16ª colocação com 28 pontos, a mesma pontuação do Vasco que abre a zona de rebaixamento e jogará nesta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 07 (AFI) - O Bahia, em suas redes sociais, usou palavras fortes para reclamar da arbitragem comandada pelo catarinense Ramon Abatti Abel na derrota, por 2 a 1, para o Grêmio, na quarta-feira, em Porto Alegre, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Estava impedido? (Foto: Reprodução)
Estava impedido? (Foto: Reprodução)
O clube baiano reclama, principalmente, da anulação do gol do atacante Gilberto. Foi dado impedimento, mas o Bahia postou a reprodução de algumas imagens para mostrar que seu jogador estava em posição legal.

"Em outubro, a Comissão de Arbitragem admitiu erro na utilização do VAR em um lance de impedimento. Hoje, mais uma vez, gol anulado com frame errado, linhas horizontais sobrepostas e linhas verticais equivocadas. A arbitragem brasileira vai saindo da vergonha para o escândalo", postou o Tricolor nas redes sociais.

VÍDEO!

Na sequência, o Bahia ainda divulgou um vídeo com supostos erros de arbitragem contra o clube e emendou (CONFIRA O VÍDEO ABAIXO!):

Espaço incorporado por HTML (embed)

"Naquele mesmo mês de outubro, estivemos na CBF para solicitar arbitragens justas e apresentamos o vídeo abaixo. O tempo passou e continuamos a ser prejudicados, como no já famoso lance em que não marcaram pênalti do goleiro são-paulino Tiago Volpi no zagueiro Ernando".

O Bahia parou na 16ª colocação com 28 pontos, a mesma pontuação do Vasco que abre a zona de rebaixamento e jogará nesta quinta-feira.