Após chamar técnico de 'vagabundo', técnico do Bahia deve ser julgado pelo STJD

Mano Menezes perdeu a linha na derrota do Tricolor por 1 a 0 frente ao Fluminense

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 13 (AFI) - Mano Menezes deve ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJD) por chamar o árbitro José Mendonça da Silva Junior de 'vagabundo' após a derrota do Bahia para o Fluminense, por 1 a 0, no último final de semana, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mano Menezes deve ser julgado pelo STJD
Mano Menezes deve ser julgado pelo STJD
Mano deve ser enquadrado no artigo 234-F do CBJD, que diz: "ofender alguém em sua honra". A pena vai até quatro jogos de suspensão, além de uma multa que pode variar de R$ 100 a R$ 100 mil.

"Informo que após o encerramento da partida, já no vestiário do estádio, tomei conhecimento de que o técnico da equipe Esporte Clube Bahia, senhor Luiz Antonio Venker Menezes, adentrou o campo de jogo proferindo as seguintes palavras aos seus atletas se referindo a minha pessoa: 'Deixa esse vagabundo aí, não quero que reclame com vagabundo não. Deixa roubar'. Pude constatar tal ato através de imagens gravadas da transmissão da partida e me senti ofendido em minha honra", relatou o árbitro em súmula.

POLÊMICA
Mano Menezes reclamou muito do lance que culminou no pênalti, convertido pelo meia Nenê, que deu a vitória ao Fluminense. O treinador ainda não quis cumprimentar Odair Hellmann, em ato que gerou muita crítica.