Baiano: Com dedo de Dado Cavalcanti, Bahia vence fora de casa e assume liderança

Tricolor de Aço é líder isolado do Estadual com sete pontos ganhos

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 30 (AFI) - Na noite desta quarta-feira, o Bahia venceu o Bahia de Feira por 1 a 0, na Arena Cajueiro, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Baiano. Com o resultado positivo, o Esquadrão de Aço assumiu a liderança isolada com sete pontos.

Após a partida, Dado Cavalcanti falou sobre o desempenho de seus atletas em campo. Em entrevista coletiva, o técnico elogiou o empenho na busca pelo gol do triunfo até o último lance.

"O gol não caiu do céu. Nós tentamos, criamos. Tivemos duas chances claras no primeiro tempo. Acho que o gol no final premiou nosso equilíbrio. Hoje tivemos um pouco menos de problemas defensivos, a gente conseguiu neutralizar uma das grandes armas do adversário", declarou.

Dado Cavalcanti segue invicto à frente do time de transição do Bahia - Divulgação / ECB
Dado Cavalcanti segue invicto à frente do time de transição do Bahia
"Eles exageraram nas finalizações de fora, porque não conseguiam entrar, e cruzamentos na área. Tivemos tranquilidade para interceptar essas bolas. O Bahia foi merecedor. Retrospecto do Bahia de Feira aqui dentro é muito forte", emendou.

JUSTIFICATIVAS

Dado também explicou as substituições feitas durante o segundo tempo, todas elas no ataque. Caíque, Alesson e Régis Tosatti entraram nos lugares de Saldanha, Gabriel Esteves e Gustavo.

"Momento do jogo em que perdemos mais rendimento, tinha opção de mudar embaixo para segurar o jogo, ou mudar em cima para criar uma expectativa diferente de chegar ao gol do adversário. A mudança de Saldanha por Caíque, porque Saldanha é jogador que tem mais mobilidade, sai mais nos espaços, ataca muito bem a última linha, teve chances no primeiro tempo, mas eu precisava de alguém mais presente dentro da área", explicou.

"Minha ideia foi fazer Caíque mais dentro da área. Teve chance do jogo e não desperdiçou. Tem finalização e conseguiu botar para dentro. Alesson e Esteves; Esteves é um extremo que trabalha mais com a bola no pé", completou.

E AGORA?

Sem tempo a perder, o Bahia volta a campo no próximo domingo, 02 de fevereiro, quando recebe o Jacuipense, no Estádio do Pituaçu, às 16h.