Por vaga na Sul-Americana, Bahia quer encerrar jejum de vitórias

O Esquadrão não ganha há oito jogos e está despencando na tabela de classificação

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 26 (AFI) - Em queda livre no Campeonato Brasileiro, o Bahia deixou o sonho da Libertadores de lado e voltou suas atenções na conquista de uma vaga para a Sul-Americana. Uma vitória sobre o Atlético-MG, às 21 horas desta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, pela 35ª rodada, é essencial na busca desse objetivo.

A última vitória foi no dia 16 de outubro, quando venceu o Grêmio, por 1 a 0, em Porto Alegre. De lá para cá, são cinco derrotas e três empates. A sequência negativa fez o Bahia cair para a décima colocação, com 44 pontos.

"Temos quatro jogos restantes. A gente está a seis pontos do G8 e ainda temos chances. Precisamos se apegar nisso. Mas não adianta pensar no que a gente vai estar brigando no último jogo se a gente não vencer o Atlético-MG. Temos que focar nesse jogo", disse o volante Flávio.

Roger Machado não conseguiu treinar o Bahia antes do jogo (Foto: Site Oficial Bahia)
Roger Machado não conseguiu treinar o Bahia antes do jogo (Foto: Site Oficial Bahia)
SEM TREINO

Não bastasse o momento ruim, o técnico Roger Machado não vai conseguir treinar o time antes desse jogo. Depois de receber a segunda-feira de folga após a derrota para o Goiás, por 4 a 3, no último domingo, o elenco iria realizar o único coletivo nesta terça.

A atividade no gramado, porém, precisou ser cancelada por conta das fortes chuvas em Salvador e o grupo fez um trabalho na academia do Fazendão. Apesar da falta de treinos, Roger Machado deve realizar mudanças.

O lateral-direito João Pedro e o meia Guerra receberam o terceiro amarelo em Goiânia, enquanto o volante Flávio retorna de suspensão. Já os atacantes Marco Antônio e Artur ainda são dúvidas. Eles dependem do aval do departamento médico tricolor.

BAHIA - Douglas Friederich; Nino Paraíba, Wanderson, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Élber; Arthur Caíle (Artur), Lucca e Gilberto. Técnico: Roger Machado.