Roger exalta vitória do Bahia contra o Grêmio: "Nossa melhor partida"

O Tricolor foi até Porto Alegre e derrotou o rival pelo placar mínimo

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 17 (AFI) - Esse é o nosso time”. Essa foi uma das frases do treinador Roger Machado durante a entrevista coletiva desta quarta, em Porto Alegre, depois do triunfo por 1 a 0 sobre o Grêmio. Para o comandante, o time fez uma grande partida e mereceu vencer.

“Foi uma das melhores partidas que nós fizemos. O nível de concentração não baixa por si só. Ele está ligado ao desgaste. O jogo contra o São Paulo foi jogado em alta intensidade, jogo de desgaste cognitivo. Eu e tu tomamos 2400 tomadas de decisão por dia. O jogador toma 2800 em noventa minutos. Isso faz diferença. Concentração baixou e cobrei dos atletas e foi isso que salientei. Esse é o nosso time”, disse.

MARCO ANTÔNIO
No segundo tempo, pela primeira vez sob comando de Roger Machado, o meia Marco Antônio ganhou a chance de participar de uma partida oficial do Tricolor. Ele não só entrou. O camisa 30 foi responsável pela jogada individual que resultou no pênalti e consequentemente no gol de Arthur Caíke.

Roger falou sobre atuação do Bahia
Roger falou sobre atuação do Bahia

O técnico falou sobre o jovem atleta. “Marco [Antônio], eu dizia que precisava evoluir, precisava mostrar nos treinos, números. A parte ofensiva sei que… Hoje ele nada mais fez do que faz todo dia no treinamento. Pegou a bola no fundo e vai para cima do adversário, em 90% das vezes, ele tem vitória pessoal. O que faltava era o compromisso defensivo. Ele me mostrou, nessas três semanas, quando conversei com ele, mostrei números, que, comparando com jogadores da posição dele, que colegas trabalhavam com números de sprints quatro, cinco vezes maiores que ele, ele precisava evoluir”, comentou.

SITUAÇÃO
Com o resultado nesta quarta-feira, o Bahia subiu para a sétima colocação, com 41 pontos, contra 44 do Corinthians, dentro do G-4.