Ex-treinador de Fluminense e Grêmio renova com Bahia para 2019

Enderson Moreira chegou ao Tricolor em junho e tem um aproveitamento de 45,6%

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 29 (AFI) - O aproveitamento de 45,6% conquistado por Enderson Moreira até aqui agradou a diretoria do Bahia, que oficializou a permanência do treinador para a próxima temporada. O contrato, que se encerrava após o Brasileirão, tem duração de um ano.

Anunciado para o lugar de Guto Ferreira pouco depois de deixar o América-MG, em junho deste ano, Enderson Moreira comandou o Bahia em 38 jogos, conquistando 13 vitórias, empatando 13 vezes e acumulando 12 derrotas. Na nota que oficializou a permanência do treinador, a diretoria tricolor diz:

O técnico Enderson Moreira renovou contrato com o Bahia por mais uma temporada
O técnico Enderson Moreira renovou contrato com o Bahia por mais uma temporada
"Tanto na Copa Sul-Americana quanto na Copa do Brasil, chegamos às quartas de final - a melhor da campanha da história azul, vermelha e branca. No torneio internacional, fomos prejudicados por erros de arbitragem. No certame nacional, caímos para o campeão brasileiro Palmeiras".

Os outros integrantes da comissão técnica que chegaram com Enderson Moreira também serão mantidos. São eles: o auxiliar-técnico Luis Fernando Flores, o preparador físico Edy Carlos e o auxiliar de preparação dos goleiros Ailton da Hora.

Na 11ª colocação do Brasileirão e já classificado para a Copa Sul-Americana do ano que vem, o Bahia encerra sua participação neste domingo, contra o Cruzeiro, na Arena Fonte Nova.

SOBRE ELE
Natural de São Paulo, Enderson Moreira tem 47 anos e iniciou a carreira de treinador no Ipatinga em 2008, mas foi no Goiás que ganhou projeção nacional ao conquistar a Série B do Brasileirão de 2012 e fazer uma boa campanha na elite em 2013.

Depois, teve passagens apagadas por Grêmio, Santos, Atlético-PR, Fluminense e o próprio Goiás. Enderson Moreira voltou a desempenhar um bom trabalho em 2017, quando conquistou mais uma vez a Série B do Brasileiro, dessa vez pelo América-MG. Em junho deste ano, pediu demissão após receber a proposta do Bahia.

 
 
" />