Volante do Bahia lamenta empate na Copa do Nordeste: "Incompetência nossa"

Muito mais do que o resultado, a torcida do Bahia esperava uma postura mais agressiva do time

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 07 (AFI) – Elton não poupou saliva para explicar o empate do Bahia por 0 a 0 com o Sampaio Corrêa, que deu ao adversário o título da Copa do Nordeste. Mesmo com a posse de bola e o controle total da partida, o time sofreu para vazar a marcação maranhense e criou poucas oportunidades. Das vezes que conseguiu transpor o ferrolho, errou o alvo. Com a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo, não pode nada fazer além de lamentar ao final da partida.

“Entramos desde o primeiro minuto marcando em cima, não sei quantas chances a gente teve, incompetência nossa que não marcamos. Não podemos passar dois jogos de uma final sem marcar. Dar os parabéns para o Sampaio Corrêa também, que eles mereceram. A gente tem que pensar muito, porque perder uma final é sempre complicado", explicou o volante Elton.

Elton, volante do Bahia, avalia empate na Copa do Nordeste:
Elton, volante do Bahia, avalia empate na Copa do Nordeste: "Incompetência nossa"
A queda na final aumentou a pressão em Salvador, já que o clube fechou a primeira parte do Campeonato Brasileiro, antes da parada para a Copa do Mundo, na zona de rebaixamento, com apenas 12 pontos em 12 jogos. Com mais de 45 mil pessoas na Arena Fonte Nova neste sábado, o final do jogo trouxe a vaia unânime das arquibancadas.

Muito mais do que o resultado, que poderia ter mudado a história da partida, a torcida do Bahia esperava uma postura mais agressiva do time, dando mais trabalho ao goleiro Andrey, do Sampaio Corrêa. Só que em campo o elenco de Enderson Moreira teve muita dificuldade para trabalhar a bola no campo ofensivo e só foi criar no finalzinho da partida, quando já estava com um jogador a mais em campo – Uillian foi expulso pelo segundo amarelo.

 
 
" />