Sem Edílson, Avaí faz as contas para conquistar acesso na Série B

Na sexta colocação, Avaí tem 55 pontos, a três do G4

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 25 (AFI) - O Avaí chega à última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro com chances de subir para a elite nacional. O clube catarinense, porém, não depende apenas das suas forças para garantir seu quinto acesso desde que a divisão adotou o formato de pontos corridos, em 2006.

Após 37 rodadas, o Avaí ocupa a sexta colocação com 55 pontos e, para sonhar, precisa vencer, de qualquer jeito, o vice-líder América-MG no Independência, em Belo Horizonte. Todos os jogos da última rodada serão na sexta-feira, às 21h30.

Claudinei esquece os outros e foca no Avaí. (Foto: Leandro Boeira / Avaí)
Claudinei esquece os outros e foca no Avaí. (Foto: Leandro Boeira / Avaí)
"Temos uma camisa pesada, o Avaí é um time muito competitivo. A cara do Avaí é essa, é competir. A gente tenta fazer o melhor possível, eles fizeram o que puderam. Para quem quer ganhar, estou satisfeito com o que fizemos. Vamos para BH buscar fazer os 58 pontos, isso está na nossa mão. Fazer isso depende só da gente", disse o técnico Claudinei Oliveira.

SECADOR LIGADO!
Além da vitória, o Avaí também vai precisar da derrota do Juventude que fecha o G8 com 58 pontos e as mesmas 16 vitórias do Avaí. O clube gaúcho visitará o Guarani no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Nesse cenário, os dois times ficariam com a mesma pontuação, mas o Avaí teria uma vitória a mais.

Além da vitória em Minas e da derrota do Juventude, o Avaí também terá que secar o CSA diante do Náutico nos Aflitos, em Recife. Os alagoanos ocupam a quinta colocação com 57 pontos e 16 vitórias. Só esse cenário colocará o Avaí na Série A.

DE OLHO!

"Se o Guarani vai ganhar do Juventude e se o Náutico vai ganhar do CSA não depende da gente. O que está sob o nosso controle é ganhar do América-MG, que é uma grande equipe. O América-MG foi semifinalista da Copa do Brasil. Estou bem tranquilo e satisfeito com o trabalho que estamos fazendo", completou.

De 2006 para cá, o Avaí subiu para a Série A em 2008, 2014, 2016 e 2018. Para repetir o feito na edição 2020, terá que superar o desfalque do experiente lateral-direito Edílson, expulso na vitória, por 2 a 1, sobre o Guarani. Iury e Felipe Santos brigam pela posição.