Marco Aurélio Cunha garante que Avaí terá mudanças após a Série B: "enxugar e construir"

Sem perder há duas rodadas, o Avaí está na sexta colocação com 48 pontos, a quatro do G4

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 15 (AFI) - Contratado para ser executivo de futebol no Avaí, Marco Aurélio Cunha, por ora, trabalha nos bastidores. Em entrevista coletiva, o ex-dirigente do São Paulo e da Seleção Brasileira de futebol feminino afirmou que pouco irá interferir no time antes do término da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois, porém, o Avaí passará por mudanças para a temporada 2021.

"Temos que confiar que a equipe possa vencer. Temos que criar expectativas positivas. Quanto menos eu interferir de forma ostensiva, melhor. Meu trabalho agora é mais de observação e de apoio. Não temos nenhuma definição. Agora é hora de de terminar a Série B", disse ele.

Mudanças após a Série B. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)
Mudanças após a Série B. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)
"Depois vamos conversar e interpretar as melhores decisões para o Avaí. Agora não é hora de chacoalhar os que estão aqui. Depois, vamos otimizar os melhores. Não vim aqui para raspar nada, vim para construir. Não é mandar as pessoas embora. Minha visão é fazer tudo o mais correto possível e enxugar", seguiu Marco Aurélio Cunha.

ANÁLISE!
Os últimos jogos na Série B, além da busca pelo acesso, também servirão para avaliar os jogadores e definir quem fica e quem sai, além da procura por reforços em determinadas posições.

"Depois dessa temporada, vamos falar com o Claudinei (Oliveira, técnico) para reforços e ver sobre os casos que terminam contrato. O planejamento já está certo, mas evidentemente que vamos fazer uma revisão e acrescentar. Ninguém cria um time do dia para a noite.

Vamos trabalhar, olhar muito a base. Rejuvenescer um pouco a equipe e equilibrar com jogadores experientes. O torcedor e a imprensa merecem satisfação, mas isso será feito por análise, não por pressa", completou o dirigente.

REFORÇOS!
Após empatar, por 2 a 2, com o Vitória, o Avaí terá confronto direto diante do CSA, que fecha o G4, neste sábado, às 16h30, no Rei Pelé, em Maceió, pela 35ª rodada. O técnico Claudinei Oliveira terá as voltas de Renatinho e Getúlio, que cumpriram suspensão pelo terceiro amarelo.

Sem perder há duas rodadas, o Avaí está na sexta colocação com 48 pontos, a quatro do G4.

AVAÍ - Glédson; Fagner Alemão, Alan Costa e Betão; Edilson, Ralf, Pedro Costa, Valdívia e João Lucas; Getúlio e Rômulo.