Série B: Geninho deixa o futuro nas mãos da diretoria do Avaí

O experiente treinador disse estar fazendo o seu melhor após a goleada sofrida para o Náutico

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 01 (AFI) - A goleada para o lanterna Oeste, por 3 a 0, em plena Ressacada, na última segunda-feira, mostrou que o Avaí precisa mostrar um futebol melhor se quiser conquistar o acesso. E fica a dúvida se isso é possível com Geninho no cargo.

O experiente treinador, que conquistou dois acessos à elite do Brasileirão com o clube, disse que está tentando fazer o seu melhor e deixou o futuro nas mãos da diretoria.

Geninho deixou seu futuro nas mãos da diretoria do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)
Geninho deixou seu futuro nas mãos da diretoria do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)
"Quem decide minha permanência é a diretoria. Eu vim para ajudar, para fazer o meu melhor. Tenho uma relação tão boa com o Avaí que nada vai estremecê-la.

Eu estou tentando fazer aquilo que levou o Avaí duas vezes à Série A. No momento em que a diretoria entender que outra pessoa pode fazer melhor, saio sem problema algum"
, disse Geninho.

A partida contra o Oeste marcou abertura da 25ª rodada e o Avaí corre o risco de perder até três posições nesta terça-feira. O time tem 36 pontos e está na sétima colocação.

Mas Geninho não tem tempo para lamentar a derrota, pois o Avaí volta a campo nesta quinta-feira, contra o Operário, às 21h30, no Germano Krüger, em Ponta Grossa.