Série B: Geninho admite risco de ser demitido do Avaí após novo revés

O Leão perdeu para a Ponte Preta, por 1 a 0, na última sexta-feira, em Florianópolis

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 12 (AFI) - A derrota para a Ponte Preta, por 1 a 0, na última sexta-feira, em plena Ressacada, deixou Geninho em situação delicada. Tanto que o próprio treinador admite o risco de ser demitido.

"Você vive, basicamente, de resultados. Isso é fatal. Eu corro o risco de uma mudança", reconheceu o experiente Geninho.

Geninho não vive um bom momento no comando do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)
Geninho não vive um bom momento no comando do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)
Ameaçado no cargo, o treinador pretende fazer algumas mudanças no time e até mesmo na forma de jogar. O Avaí volta a campo na terça-feira, contra o Confiança, em Aracaju, em partida atrasada da terceira rodada.

"Quando o resultado não vem, tenho que mudar algumas coisas em relação ao time, as mudanças na maneira de jogar. Enquanto estiver aqui vou procurar fazer o meu melhor sempre. Não posso deixar que isso interfira naquilo que eu tenho que fazer pelo Avaí", comentou o treinador.

Apesar de ter apostado em jogadores experientes, como o lateral-direito Arnaldo, os volantes Bruno Silva, Ralf e Wesley, o meia Valdivia e o atacante Rildo, o Avaí vem tendo um início ruim no campeonato.

Sem emplacar uma sequência de resultados positivos, o Leão está na 12ª colocação da Série B, com nove pontos. A Chapecoense é a quarta colocada, com 16, mas dois jogos a menos