Ex-Grêmio nega ter se oferecido para jogar no Avaí antes de sair do Cruzeiro

Edílson está sem clube e irá aproveitar a família em Porto Alegre

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 19 (AFI) - Após ter o contrato rescindido com o Cruzeiro, especulou-se uma possível ida do lateral Edílson para o Avaí. O jogador revelou o carinho pelo clube catarinense, mas aproveitou para mandar um recado aos torcedores sobre ter se oferecido para atuar na equipe na época em que defendia o Cruzeiro.

O assunto só foi à tona pois o presidente do Avaí, Francisco Battistotti revelou recentemente em uma entrevista que o atleta teria se oferecido para atuar no clube. Edílson achou a atitude antiética e se explicou.

"Queria fazer um esclarecimento sobre o Avaí. É o clube no qual passei minha categoria de base toda, tenho muito respeito porque foi o meu primeiro clube no profissional. E foi colocado por pessoas lá de dentro que eu tinha procurado o clube, que eu teria me oferecido ao clube. Como eu disse, tenho um respeito muito grande pela torcida. Marquinhos, que é meu irmão, tenho certeza que não saiu da parte dele isso. Mas quero dizer que é completamente antiético tendo contrato com Cruzeiro e me oferecendo a outro clube. Seria antiético pelo Cruzeiro e pelo Avaí. Dizer que não tem nada e que estou indo para Porto Alegre agora", disse o lateral.

Edilson está com 33 anos e foi revelado nas categorias de base do Avaí, passando depois por Ponte Preta, Corinthians, Botafogo e Grêmio. Já Robinho, aos 32, atuou pelo clube catarinense em 2010 e 2011 antes de defender Coritiba e Palmeiras.

Edilson ainda pelo Cruzeiro
Edilson ainda pelo Cruzeiro
TREINO
Sob o comando do técnico Rodrigo Santana, no Estádio Renato Silveira, do Guarani, em Palhoça, o Avaí realizou mais uma etapa de treinamento. O clube aguarda a liberação do Estádio da Ressacada para atividades coletivas por parte da Prefeitura de Florianópolis, e para o jogo da volta diante da Chapecoense, pelas quartas de final.

O zagueiro Betão disse que o trabalho está sendo bem feito pelo Avaí. “Estamos num bom patamar, o grupo está focado na busca de alto rendimento. Temos percebido falta de ritmo de jogo. Esperamos estar prontos quando a competição chegar”, disse