Ex-seleção do Uruguai e Internacional, técnico está na mira de clube do Brasileirão

O Avaí enviou o presidente até o Uruguai para negociar diretamente com Jorge Fossati

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 25 (AFI) - Após ter o rebaixamento no Brasileirão, o Avaí traçou um planejamento ousado para a temporada 2020, cujo objetivo é conquistar o acesso na Série B. Por isso, o presidente Francisco Battistotti foi pessoalmente até o Uruguai para abrir negociação com o técnico Jorge Fossati, ex-Internacional, que está no River Plate,URU.

Campeão Catarinense em 1998 como goleiro do Avaí, Fossati tem 66 anos e começou a carreira como treinador no River Plate, time no qual comanda. Pelo Brasil, chegou a levar o Internacional até semifinal da Libertadores em 2010. No entanto, acabou demitido antes do clube gaúcho conquistar o título.

O treinador chegou a comandar a seleção do Uruguai na Copa América de 2004, ficando na terceira colocação. Foi demitido após não conseguir levar a equipe celeste para a Copa do Mundo de 2006, caindo na repescagem para a Austrália.

Antes de viajar para o Uruguai, Francisco Battistotti deixou o acerto encaminhado e optou por se encontrar pessoalmente com o treinador apenas para facilitar a negociação. A expectativa era alta para um acerto. O próprio mandatário já avisou que contrataria um treinador de renome para fazer com que o clube brigue pelo acesso na Série B.

 Jorge Fossati é o novo alvo do Avaí
Jorge Fossati é o novo alvo do Avaí
INTERINO
Com o uruguaio como prioridade para o próximo ano, o Avaí já comunicou que Evando Spinassé Camillato não ficará no cargo de treinador em 2020. O intuito é que o treinador interino volte para a função de auxiliar fixo do clube. Ele mesmo não via a possibilidade de seguir em frente da equipe.

O Avaí não vence uma partida há 14 jogos. Totalizando 22 derrotas, o único time rebaixado no torneio até o momento é o lanterna, com 18 pontos. O próximo desafio é diante do Corinthians nesta quarta-feira, às 21h30, no Itaquerão.