Apesar do rebaixamento, técnico valoriza atuação do Avaí diante do Cruzeiro

"Fomos uma equipe equilibrada, me enche de orgulho ver cinco atletas das divisões de base", destacou Evando Camillato

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 18 (AFI) - O Avaí conseguiu interromper a sequência de oito derrotas consecutivas ao segurar o empate sem gols diante do Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado, porém, sacramentou o rebaixamento azurra para a Série B: o Leão da Ressacada é lanterna, com 18 pontos, metade dos cruzeirenses, primeira equipe fora do Z4. Apesar disso, o técnico Evando Camillato valorizou o desempenho.

"Fomos uma equipe equilibrada, me enche de orgulho ver cinco atletas das divisões de base

jogando um jogo assim de tamanha importância. A gente conseguiu um resultado contra um gigante do futebol brasileiro e que passa por um momento difícil, mas você vê a qualidade dos atletas, vê Lourenço, Kunde, Wesley, Luan Pereira, Caio. Se o Avaí jogasse muitas partidas assim, não estaríamos nessa situação", afirmou.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
No domingo, pela 35.ª rodada, o Avaí recebe a Chapecoense, às 19h, na Ressacada, em Florianópolis (SC). A equipe do Oeste de Santa Catarina soma 35 pontos e está perto de também cair para a Série B de 2020.

"Vamos trabalhar, é um clássico estadual. O trabalho para 2020 está sendo feito, vamos fazer o melhor para o Avaí. No próximo jogo queremos uma vitória. O nosso torcedor está carente de vitória. Vamos levar muito a sério essa partida. É um clássico e queremos de forma dignar dar um bom resultado ao nosso torcedor, pois ele merece", completou.