Dirigente de time do Brasileirão revela que técnico não fica para 2020

Evando Camillato assumiu o Avaí após a saída de Alberto Valentim e tem três derrotas em três jogos

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 21 (AFI) - Com o iminente rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí já começa o planejamento para a próxima temporada. Uma certeza que a diretoria tem é que Evandro Camillato não vai seguir no comando do clube.

"O Evando não vai ser o nosso treinador para 2020. Vamos buscar alguém que faça a equipe apresentar um futebol mais atraente, uma equipe que goste de propor o jogo", comentou o coordenador de futebol Diogo Fernandes, sem citar nomes de possíveis interessados.

Evando Camillato não segue em 2020 (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)
Evando Camillato não segue em 2020 (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí)

Evando Camillato vinha comandando o Sub-23 do Avaí antes de assumir o profissional após a saída de Alberto Valentim para o Botafogo e foi garantido pela diretoria até o fim do ano.

NÚMEROS RUINS
Desde então, o clube disputou três jogos no Brasileirão e acumulou três derrotas: para Ceará (1 x 0), Internacional (2 x 0) e São Paulo (1 x 0).

O Avaí voltou para a lanterna do campeonato após a rodada do final de semana porque perde para a Chapecoense no saldo de gols (-21 contra -27). Os dois times estão empatados com 17 pontos.

No domingo, pela 28ª rodada, o Avaí recebe o vice-líder Palmeiras, às 18 horas, na Ressacada, em Florianópolis.