Jogador da base do Avaí sofre parada cardiorrespiratória em treino

De acordo com o médico Sérgio Mello, o atendimento imediato foi decisivo para a sobrevivência do atleta

por Agência Estado

Florianópolis, SC, 14 - O atleta Vitor Flecha de Araújo, de 17 anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória na manhã desta terça-feira, durante treinamento da equipe juvenil do Avaí. O grupo trabalhava em um campo de grama sintético anexo ao estádio da Ressacada, em Florianópolis, quando o jovem sentiu-se mal.

Atendido inicialmente pelos médicos do clube, Vitor começou a ser reanimado. (Foto:Divulgação/Bombeiros)
Atendido inicialmente pelos médicos do clube, Vitor começou a ser reanimado. (Foto:Divulgação/Bombeiros)

PRIMEIROS SOCORROS

Atendido inicialmente pelos médicos do clube, Vitor começou a ser reanimado. Com a chegada do Arcanjo, o helicóptero dos Bombeiros, a situação foi revertida.

Foram cerca de 20 minutos de atendimento com o uso de desfibrilador até que o atleta tivesse os batimentos do coração restabelecidos.

ATENDIMENTO RÁPIDO FOI DECISIVO

De acordo com o médico Sérgio Mello, o atendimento imediato foi decisivo para a sobrevivência do atleta.

Ainda segundo o clube, o jogador sofreu a parada sem ter qualquer contato físico com outro jogador. Ele apenas caiu no gramado desacordado.

SITUAÇÃO ESTÁVEL

Após a reanimação e estabilização, Vitor foi conduzido ao Hospital de Caridade para tratamento especializado. Segundo o Avaí, o estado de saúde do garoto é estável.

"O Avaí agradece sua equipe médica pela pronta atuação e também ao Corpo de Bombeiros, pelo rápido socorro da equipe do helicóptero Arcanjo. O clube também está dando todo o suporte ao jogador e seus familiares, avisados tão logo o atleta foi atendido", registrou o clube, em comunicado.