Avaí entra na briga com a Chapecoense para contratar atacante da Ponte

O time de Geninho tem tido problemas no setor ofensivo, que ainda não deslanchou

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 14 (AFI) - O Avaí entrou na briga com a Chapecoense pelo atacante Renato Kayzer, que estava na Ponte Preta, mas pertence ao Cruzeiro. Recentemente o jogador pediu para rescindir o contrato de empréstimo com o time de Campinas e vem sendo sondado por clubes do Campeonato Brasileiro. Com apenas 23 anos, ele é considerado uma jovem revelação, mas ainda precisa engatar uma sequência de jogos como titular.

Revelado no Santos, Renato Kayzer tem passagens por Vasco, Oeste, Portuguesa, Villa Nova, Ferroviária, Tupi e Cruzeiro. O melhor momento da carreira dele aconteceu no ano passado, quando defendeu o Atlético-GO na Série B e anotou sete gols em 33 jogos. Em 2019, o atacante foi campeão mineiro com o Cruzeiro, mas não foi às redes nas seis oportunidades que teve de entrar em campo.

Renato Kayzer — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Renato Kayzer — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
A Chapecoense foi um dos primeiros clubes a demonstrar interesse no atacante. Ele já não faz parte do elenco da Ponte Preta e não está nos planos de Mano Menezes no Cruzeiro. Mas, mesmo com a negociação avançada, o Avaí entrou na parada para tentar contratar Renato Kayzer. O time de Geninho tem tido problemas no setor ofensivo, que ainda não deslanchou.

Renato Kayzer pediu para rescindir com a Ponte Preta na semana passada, mesmo sendo titular nos dois primeiros jogos da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante não explicou, mas com os direitos de imagem atrasados e o interesse de clubes da primeira divisão minaram seu desejo de continuar em Campinas.