Catarinense: Após fico de Geninho, Avaí inicia conversas para manter "espinha dorsal"

A intenção da diretoria é reforçar pouco o elenco no início do ano e guardar dinheiro para o Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 28 (AFI) - O primeiro passo foi dado pela diretoria do Avaí visando a temporada 2019. Na última terça-feira, o técnico Geninho acertou a renovação contratual. Agora, o clube espera manter a "espinha dorsal" que conquistou o acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Mas a reformulação no elenco promete ser grande.

Os zagueiros Marquinhos Silva e Betão, o lateral Iury, o volante Judson, os meias Renato, André Moritz, Pedro Castro e Matheus Barbosa, além do atacante Getúlio, estão entre as prioridades para a renovação. O presidente Francisco Battistotti já iniciou contatos.

Judson, Betão, Renato e Pedro Castro (da esq. para dir.) interessam a diretoria do Avaí
Judson, Betão, Renato e Pedro Castro (da esq. para dir.) interessam a diretoria do Avaí
"Renovei com três dos nove jogadores que nos interessam. Não vamos falar em nomes, mas espero que até sexta-feira tenha acertado para que a gente inicie 2019 ao menos com uma base", comentou o mandatário, que anunciou também as saídas dos três goleiros: Maurício Kozlinski, Rubinho e Aranha.

GUARDAR PARA O BRASILEIRÃO
A intenção da diretoria do Avaí é economizar em um primeiro momento e por isso poucos jogadores devem ser contratados para a disputa do Campeonato Catarinense. Na sequência, visando a disputa do Brasileirão, o clube deve abrir o bolso, mas sem fazer loucuras. O principal objetivo vai ser a manutenção na elite.

A apresentação do elenco está marcada para o início de janeiro e a estreia no Estadual será no dia 17, contra o Metropolitano, na Ressacada.

 
 
" />