Quarto mais caro da história, João Félix reforça Atlético de Madrid por R$ 615 mi

Recorde pertence ao Paris Saint-Germain, que em 2017 pagou 222 milhões de euros para tirar Neymar do Barcelona

por Agência Estado

Campinas, SP, 03 - Grande aposta do Atlético de Madrid para substituir Antonie Griezmann, que se despediu do time ao final da última temporada europeia, o atacante português João Félix, do Benfica, foi anunciado oficialmente pelo clube espanhol nesta quarta-feira como novo reforço do time. O jogador de apenas 19 anos foi adquirido em uma transação de 126 milhões de euros (cerca de R$ 615 milhões), valor que o tornou a quarta contratação mais cara da história do futebol.

O recorde pertence ao Paris Saint-Germain, que em 2017 pagou 222 milhões de euros para tirar Neymar do Barcelona. E naquele mesmo ano o clube francês protagonizou a segunda aquisição de maior valor no futebol em todos os tempos ao contratar Kylian Mbappé, do Monaco, por 180 milhões de euros. E a terceira contratação mais cara foi a que fez Philippe Coutinho trocar o Liverpool pelo Barcelona, em janeiro do ano passado, por 145 milhões de euros.

Por meio de nota publicada em seu site oficial nesta quarta-feira, o Atlético de Madrid informou que João Félix foi submetido a exames médicos na clínica da Universidade de Navarra e assinou um contrato de sete temporadas com o time espanhol.

O jovem atleta ajudou o Benfica a conquistar o título do Campeonato Português na temporada passada, na qual marcou 15 gols e deu sete assistências em 21 partidas disputadas na competição. Para completar, neste ciclo 2018/2019 ele se tornou o mais jovem jogador da história a balançar as redes por três vezes em uma única partida da Liga Europa. O feito foi alcançado em uma vitória por 4 a 2 sobre o Eintracht Frankfurt.

SELEÇÃO
Félix fez a sua estreia pela seleção principal de Portugal em um triunfo por 3 a 1 sobre a Suíça, nas semifinais da última Liga das Nações da Uefa, que depois veio a ser conquistada pela equipe de Cristiano Ronaldo ao derrotar a Holanda por 1 a 0 na decisão.

Vale destacar também que Félix se tornou consequentemente a contratação mais cara da história do Atlético de Madrid. O recorde do clube era o negócio no qual o atacante Thomas Lemar foi adquirido junto ao Monaco, no ano passado, por 72 milhões de euros.

Horas antes de anunciar o jogador português, o Atlético também oficializou as contratações do zagueiro brasileiro Felipe, ex-Corinthians, que estava no Porto, e do meio-campista mexicano Héctor Herrera, que defendeu justamente esta mesma equipe portuguesa nas últimas seis temporadas.