Sem Nikão, Eduardo Barros despista sobre time do Athletico frente ao Corinthians

O treinador levou algumas dúvidas, principalmente no meio de campo, para o duelo

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 13 (AFI) - Sem contar com Nikão, preservado, o técnico Eduardo Barros escondeu o jogo e optou pelo mistério para o duelo contra o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador deixou em aberto a possibilidade de começar o duelo com Ravanelli e Geuvânio, entre os titulares.

O ex-santista, inclusive, retorna de suspensão, assim como o volante Wellington. Caso seja escalado, Carlos Eduardo é quem perderá a vaga e ficará como opção no banco de reservas. A outra dúvida é entre Léo Cittadini e Ravanelli, que tem sido constantemente elogiado pelo treinador.

Eduardo Barros
Eduardo Barros

SITUAÇÃO!
“Na maioria dos jogos sob o meu comando, nós tivemos mais chances que os adversários, mais finalizações. Alguns resultados foram positivos e outros não. É trabalho, insistência e crença. O caminho está traçado. A equipe, em que pese um primeiro tempo ruim contra o Ceará, está sendo superior aos adversários, em jogos em casa e fora”, analisou Eduardo Barros.

Com 15 pontos em 14 partidas, o Athletico é o 15º colocado na tabela de classificação. O Corinthians também soma 15 pontos e ocupa a 17ª posição.

ATHLETICO: Jandrei; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Wellington, Erick, Christian e Léo Cittadini (Ravanelli); Carlos Eduardo (Geuvânio) e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros.

MANCINI LEMBRA PASSAGEM PELO FURACÃO