Grupo todo admite que Athletico-PR esteve abaixo, mas ainda acredita na vaga

O goleiro Santos e o zagueiro Léo Pereira afirmaram que o time não conseguiu desempenhar no mesmo nível de outras partidas

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 14 (AFI) – A derrota por 2 a 0 para o Grêmio no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil foi um duro golpe para o Athletico-PR, que terá de vencer por três gols de diferença na partida de volta, na Arena da Baixada, para buscar a vaga na decisão no tempo normal.

Após a partida, o goleiro Santos admitiu que o time desempenhou um futebol abaixo do que costuma apresentar, mas que a vaga ainda está em disputa e há condições de reverter a vantagem gremista.

“Nossa equipe hoje foi muito abaixo do esperado. Por se tratar de uma semifinal de Copa do Brasil, nossa equipe foi bem abaixo, mas acho que não tem nada resolvido ainda, temos mais 90 minutos pra correr atrás desse placar e levar essa vaga para final”, analisou o goleiro.

O goleiro Santos foi um dos jogadores que conversou com a imprensa após a partida e admitiu que o Athletico esteve abaixo do esperado
O goleiro Santos foi um dos jogadores que conversou com a imprensa após a partida e admitiu que o Athletico esteve abaixo do esperado

O zagueiro Léo Pereira também viu o Athletico em noite pouco inspirada e acredita que faltou mais ofensividade na Arena do Grêmio para equilibrar a partida.

“Faltou a gente fazer aquilo que a gente vem fazendo nos outros jogos: jogar, se expor mesmo. Eu acho que no segundo tempo a gente até se expos um pouco mais e conseguimos até criar algumas chances. A gente tem que ter essa mentalidade no jogo de volta, sabemos da vantagem do Grêmio, mas a gente vai bem forte para esse jogo de volta para tentar essa virada”, disse.

As equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, dia 4 de setembro, na Arena da Baixada. O Athletico precisa de uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis e por três gols para avançar no tempo normal.