Athletico-PR troca o "chip" e busca a recuperação no Brasileirão

O técnico Tiago Nunes não vai mandar um time alternativo por causa do jogo decisivo contra o Flamengo, na quarta-feira

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 12 (AFI) - Apesar de ter um jogo decisivo na próxima quarta-feira, contra o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Athletico-PR vai mandar a campo o que tem de melhor neste domingo, quando recebe o Internacional, às 16 horas, na Arena da Baixada, pela décima rodada do Brasileirão.

A situação delicada na qual se encontra no campeonato - tem dez pontos e vem de duas derrotas seguidas - não permite que o técnico Tiago Nunes pensando no confronto de volta da Copa do Brasil. Na última quarta-feira, Athletico-PR e Flamengo empataram por 1 a 1, em Curitiba.

Elenco do Athletico-PR treinou nesta sexta-feira e a última atividade será no sábado
Elenco do Athletico-PR treinou nesta sexta-feira e a última atividade será no sábado
O time titular vai ter duas alterações certas. O zagueiro Lucas Halter sentiu uma lesão no último jogo e dá lugar para o estreante Pedro Henrique, emprestado pelo Corinthians. No meio-campo, o volante Welligton está suspenso e Lucho González será o substituto.

Uma dúvida de Tiago Nunes é Marco Ruben, que fez trabalhos específicos nesta sexta-feira. O argentino será melhor avaliado pelo departamento médico e, se não tiver condições de jogo, Thonny Anderson é quem deve ser o titular.

O provável Furacão é: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Lucho González, Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo Cirino; Rony e Marco Ruben (Thonny Anderson).