Com time reserva, Athletico tenta esquecer Recopa para se reabilitar no Brasileiro

O Furacão enfrenta o Flamengo, antes do compromisso diante o River Plate, na Argentina

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 24 (AFI) - Priorizando a decisão da Recopa Sul-Americana, o Athletico Paranaense deve ter um time recheado de reservas para enfrentar o Flamengo neste domingo, às 16h, no Maracanã. Tiago Nunes deixou claro a intenção de ter força máxima na partida diante do River Plate, na Argentina, na próxima quarta-feira.

Dos jogadores que começaram jogando na vitória contra o River, por 1 a 0, na Arena da Baixada, apenas o goleiro Santos e o zagueiro Léo Pereira devem iniciar contra o Flamengo. Wellington pode ser o terceiro nome, mas ele briga pela posição com Erick. Do meio para frente, o time estará cheio de novidades.

“É importante ressaltar que uma das dificuldades do futebol brasileiro é o calendário. Dificilmente você consegue ter equipes frescas fisicamente com jogos quarta e domingo. Por isso estou tendo o cuidado de enfrentar o River com igualdade de forças. Agora, temos um jogo contra o Flamengo pelo frente. Eles tiveram a semana inteira para se preparar", falou o técnico Tiago Nunes.

Tiago Nunes já está pensando no River Plate - Miguel Locatelli/Site Oficial
Tiago Nunes já está pensando no River Plate
RIVER OU FLA?
O treinador ainda ressaltou a importância de mais um título pelo Athletico e analisou o duelo contra o Flamengo. "Vamos fazer o necessário para sermos campeões e colocar o nome mais uma vez na história do clube. Mas antes temos que pensar no Flamengo. É um adversário que brigará pelo título e, por isso, temos que lutar para buscar um resultado positivo", finalizou.

O Athletico busca a reabilitação, após perder para o Corinthians por 2 a 0, na última rodada. O time paranaense soma sete pontos, ainda no meio da tabela de classificação.

O provável Athletico-PR tem: Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Erick), Léo Cittadini e Tomás Andrade; Braian Romero, Marcelo Cirino e Thonny Anderson.