Com a cabeça na Argentina, Athletico-PR deve ter 'time alternativo' contra o Bahia

Toda a escalação depende da reapresentação do elenco no sábado, que vai passar por uma avaliação médica

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 10 (AFI) - O Athletico-PR ainda está com a cabeça na Argentina. A derrota por 2 a 1 para o Boca Juniors, com muita polêmica de arbitragem, ainda reverbera dentro do clube, que jogou bem e poderia ter fechado a primeira fase da Libertadores na liderança do Grupo G. Na bronca, o elenco volta para Curitiba e só trabalha com bola no sábado, um dia antes de enfrentar o Bahia na Arena da Baixada, às 19 horas, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem nenhum trabalho com bola, Tiago Nunes não deu nenhuma pistas sobre o time que vai enfrentar o Bahia, mas é provável que ele entre em campo com um time alternativo. Thiago Heleno, que vem sendo poupado de jogos fora de casa, é uma presença quase certa na dupla de zaga, deixando Paulo André descansar. Léo Pereira deve ser seu companheiro.

Lucho González, que recentemente se recuperou de lesão na panturrilha, jogou 57 minutos na Argentina e pode ser escalado no meio de campo para ganhar ritmo de jogo. Na frente, é pouco provável que Nikão e Rony comecem jogando. Tiago Nunes pode dar mais uma oportunidade para Braian Romero e Marcelo Cirino. Marco Ruben ainda é dúvida.

Com a cabeça na Argentina, Athletico-PR deve ter 'time alternativo' contra o Bahia
Com a cabeça na Argentina, Athletico-PR deve ter 'time alternativo' contra o Bahia
Toda a escalação depende da reapresentação do elenco no sábado, que vai passar por uma avaliação médica para saber quem tem condições de atuar. Contra a Chapecoense no último final de semana, quando também entrou com uma formação alternativa, o Athletico-PR jogou com uma formação de três zagueiros, com Robson Bambu entrando no time.

O provável time deve ser: Santos; Jonathan, Paulo André (Thiago Heleno), Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González e Léo Cittadini; Braian Romero, Marco Ruben e Marcelo Cirino.