Ex-presidente do Athletico e da Federação Paranaense é condenado a 22 anos de prisão

Onaireves Moura vem sendo investigado desde 2007 por formação de quadrilha, apropriação indébita e estelionato

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 12 (AFI) – Ex-presidente do Athletico-PR e da Federação Paranaense de Futebol, Onaireves Moura teve sua prisão determinada pela Justiça Criminal do Paraná nessa terça-feira. Ele ainda não foi encontrado pela Polícia, que vai dar início ao processo de busca.

O ex-dirigente foi condenado a 22 anos de cadeia pelos crimes de formação de quadrilha, apropriação indébita e estelionato e não pode mais recorrer da decisão.

O caso vem tramitando na Justiça desde 2007, quando começaram as investigações por desvios de verba na Federação Paranaense. Na época, Moura deixou a presidência da FPF após 22 anos e chegou a ser preso, mas conseguiu habeas corpus.

Onaireves Moura foi deputado eleito pelo PTB em 1990, mas não chegou a cumprir o mandato até o fim, sendo caçado em 1993. Ele também presidiu o Athletico entre 1982 e 1983.