Atlético-PR explica 'ação de marketing' do goleiro Santos com o celular

A campanha faz parte do ‘maio amarelo’, que tem o objetivo de conscientizar os motoristas

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 14 (AFI) - Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o goleiro Santos confirmou que usar o celular no início do jogo contra o Atlético-MG fazia parte de uma campanha de conscientização no trânsito.

Ao lado do vice-presidente, Márcio Lara, o jogador explicou a ação em conjunto com a Uber, patrocinadora do clube. Ele foi flagrado mexendo no aparelho segundo antes do início da partida, durante o ‘minuto de silêncio’, e chamou a atenção dos torcedores.

Atlético-PR explicação 'ação de marketing' do goleiro Santos com o celular
Atlético-PR explicação 'ação de marketing' do goleiro Santos com o celular

A campanha faz parte do ‘maio amarelo’, que tem o objetivo de conscientizar os motoristas sobre os riscos de mexer no celular enquanto dirige, aumentando os riscos de um acidente grave. Durante a entrevista coletiva, o clube exibiu um vídeo com dados de mortes no trânsito e os mais de 400 mil acidentes por anos.

“Eu também ficaria indignado por ter levado o celular para o campo, assim como quero que fiquem indignados com quem usa no carro.

Mais do que tomar um gol, você pode sofrer um acidente por causa de uma distração com o celular. Esse foi o motivo de o celular estar ali antes de começar o jogo“, explicou o goleiro Santos.

DERROTA NA BAIXADA
Dentro de campo, com a bola rolando, o Atlético-PR perdeu por 2 a 1 para o Atlético-MG dentro da Arena da Baixada, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No segundo gol mineiro o goleiro Santos saiu da área para tentar afastar uma bola pelo alto e acabou falhando, jogando na cabeça de Roger Guedes, que completou para o fundo das redes.

“Agradeço ao Santos e ao Fernando Diniz por terem se engajado nessa campanha. O Atlético é conhecido como o clube que quebra paradigmas. Então, foi escolhido para se engajar nessa campanha, demonstrando toda a coragem. Logicamente, tudo foi planejado”, completou o vice-presidente Marcio Lara durante a entrevista.

 
 
" />