Meia do Atlético-PR sonha com vaga na Libertadores: 'Futebol não é matemática'

Aliviado com triunfo sobre o Botafogo, Guilherme diz que time terá mais tranquilidade para buscar as vitórias nos jogos restantes

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 14 (AFI) - Com a vitória sobre o Botafogo no último sábado (11), o Atlético-PR chegou ao número "mágico" de 45 pontos no Brasileirão, eliminando, assim, qualquer risco de rebaixamento na competição. Autor do gol da importantíssima vitória fora de casa, Guilherme demonstrou mais uma vez seu poder de decisão e deixou os atleticanos esperançosos na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

O gol de Guilherme foi significativo não somente para a equipe, mas também individualmente. Agora artilheiro do time no campeonato, o maestro do Furacão também mostra ser fundamental para as pretensões da equipe rubro-negra nas quatro rodadas finais.

Guilherme tem feito a diferença no Atlético-PR (Foto: Pedro Serapio)
Guilherme tem feito a diferença no Atlético-PR (Foto: Pedro Serapio)

Com 5 gols e 5 assistências até aqui, o meia-atacante esteve em campo em 1494 minutos, contribuindo com um gol ou uma assistência a cada 149 minutos de jogo, ou seja, menos de duas partidas inteiras.

NA HORA CERTA...
Feliz com o triunfo atleticano no Rio de Janeiro, Guilherme valoriza o bom momento individual e coletivo na reta final do Brasileirão.

"A gente fica bastante aliviado com essa vitória. Estávamos precisando de um resultado como esse, diante de um adversário que vinha forte dentro de casa o ano inteiro. Agora, teremos mais tranquilidade para trabalhar e tentar vencer os quatro últimos jogos. Para mim, foi importante retornar com esse gol, pois não pude ajudar o time contra o Corinthians. Acredito que estou tendo uma sequência boa de partidas", disse.

"Se tirarmos o jogo do Corinthians da conta, a soma de minutos em campo é muito boa. Fico feliz não somente por isso, mas por estar sempre ajudando com passes para os companheiros finalizarem, dando assistências, buscando os espaços para finalizar também. Temos mais quatro decisões, e continuarei em busca dessa construção de boas jogadas para o time. Tenho certeza que iremos com tudo para terminar o campeonato com a maior pontuação possível", completou.

DECISIVO!
Diante do Botafogo, Guilherme completou um turno de Brasileirão. O meia-atacante tem 19 atuações até aqui e participou de 7 das 12 vitórias do Atlético-PR no campeonato. Além da média de uma contribuição decisiva a cada 149 minutos, o armador do Furacão completou 7 jogos seguidos atuando durante 90 minutos.

Com isso, demonstra estar em ótima forma física para as rodadas decisivas da competição que se encerra no dia 3 de dezembro.

PODE ACONTECER...
Otimista, Guilherme fala das probabilidades de classificação para a Libertadores, mas ressalta a necessidade do time fazer a sua parte dentro de campo.

"Sabemos que a briga é muito intensa e que outros times estão com mais chances. Mas o futebol não é matemática, temos vários exemplos de arrancadas que ninguém acreditava. Por isso, não podemos desanimar jamais. Se formos somando vitórias nos próximos jogos, chegaremos à rodada final com possibilidades. Quem sabe, possa ainda acontecer um G-8 ou G-9. Até pelo fato da quantidade de vagas estar em aberto, temos que continuar na luta até o fim", falou.

"O mais importante é a gente fazer a nossa parte dentro de campo e vencer. Temos um grupo de qualidade para isso, que também tem capacidade para se superar. Já tivemos umas duas ótimas sequências de vitórias no campeonato, então vamos acreditar que podemos repetir isso mais uma vez", destacou.

REFERÊNCIA OFENSIVA
Com 20 jogos no Atlético-PR, Guilherme tem a chance de encerrar a temporada como o artilheiro da equipe, o líder de assistências para gol e o líder de assistências para finalização no Campeonato Brasileiro. O meia-atacante volta a campo na próxima quarta-feira (15), às 17h, quando o Furacão enfrenta a Ponte Preta, fora de casa, pela 35ª rodada da competição.