Atacante do Atlético-MG comemora volta por cima após polêmica com Cuca

Hulk entrou no intervalo e marcou os dois gols do Galo na vitória sobre o América de Cali

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 27 (AFI) - Hulk foi do inferno ao céu em apenas quatro dias. Depois de reclamar publicamente no último sábado das poucas oportunidades que vinha recebendo do técnico Cuca, o atacante marcou os dois gols da vitória do Atlético-MG sobre o América de Cali-COL, por 2 a 1, pela Libertadores.

Na noite desta terça-feira, Hulk iniciou a partida no banco de reservas, mas no intervalo entrou no lugar de Vargas e teve uma grande atuação no Mineirão. O atacante abriu o placar em cobrança de pênalti, sofrido por ele mesmo, e depois aproveitou assistência de Savarino para ampliar.

Hulk comemora um dos gols sobre o América de Cali-COL (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)
Hulk comemora um dos gols sobre o América de Cali-COL (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)
"Futebol é isso, cada dia uma nova história. Depois da entrevista falei que não foi nada contra o professor Cuca, que eu respeito muito. Era mais uma cobrança minha. O futebol dá oportunidades. Consegui entrar e ajudar os companheiros a conseguir a vitória. Agora é focar porque temos um jogo decisivo no final de semana", disse Hulk.

NOVO FOCO
Pela atuação nesta terça-feira, o atacante se credencia a ser titular no sábado, quando Atlético-MG e Tombense fazem o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, na Arena Independência.

Uma das principais contratações do Atlético-MG para a temporada 2021, Hulk só havia marcado uma vez nas nove partidas anteriores.