Após vitória, lateral garante Atlético-MG na briga pelo título: 'Ainda mais vivo'

A vitória deixou os mineiros na terceira posição, com 57 pontos, a cinco do líder Internacional, com 62

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 26 - O Atlético-MG comemorou muito a vitória por 2 a 0 sobre o Santos, nesta terça-feira, no Mineirão, em jogo atrasado da 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro, mesmo tendo pela frente um time reserva, porque os paulistas vão decidir a Copa Libertadores no próximo sábado diante do Palmeiras, no Maracanã.

SAMPAOLI ELOGIA LEITURA DE JOGO DO GALO


GALO BEM VIVO

A vitória deixou os mineiros na terceira posição, com 57 pontos, a cinco do líder Internacional, com 62. Para o lateral Guga, a disputa pelo título está aberta.

"Esta vitória nos deixa ainda mais vivo. Nesta reta final, acredito, que vai ser muito difícil porque acaba pegando um pouco mais, num ano totalmente diferente, onde a sequência de jogos acaba fadigando.

Então a gente tem que ter a cabeça no lugar, descansar o máximo porque já temos outra decisão no final de semana (contra o Fortaleza, domingo, em casa).

Cada jogo será uma final e temos que entrar muito atentos, muito focados para que a gente consiga os três pontos e fique cada vez mais na luta pelo título".

Savarino fez os dois gols do Galo e deixou a noite como herói do Mineirão
Savarino fez os dois gols do Galo e deixou a noite como herói do Mineirão

MELHOR CAMPANHA EM CASA
No domingo, diante do Fortaleza, o Atlético-MG vai defender a melhor campanha como mandante no Brasileirão. Até agora foram 12 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Dos 51 pontos disputados, o time dirigido por Jorge Sampaoli ganhou 40.

O venezuelano Savarino marcou os dois gols na parte inicial do jogo, em duas tabelas rápidas. Na primeira, contou com o passe de Nathan e depois recebeu belo passe de Keno, que encobriu a defesa e permitiu a finalização em diagonal e no alto.

"Estou feliz pelos gols e, mais ainda, pela vitória", resumiu o artilheiro da noite.

KENO NO HOSPITAL
Nos vestiários, os médicos atleticanos confirmaram que o atacante Keno sofreu uma luxação no cotovelo esquerdo após uma dividida. A redução - recolocação no lugar - foi feita após ele ser substituído e sair de campo de maca aos 24 minutos do segundo tempo.

Depois, o jogador foi encaminhado a um hospital para exames mais detalhados.