Com cinco salários atrasados, Ricardo Oliveira pode trocar Atlético por clube paulista

Atlético-MG chegou a propor um parcelamento da dívida na tentativa de obter um acordo amigável, mas a proposta não foi aceita

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 30 (AFI) - O atacante Ricardo Oliveira conseguiu decisão favorável, ainda que provisória, na Justiça do Trabalho, nesta quinta-feira, para romper o vínculo que tinha com o Atlético-MG até dezembro. O jogador não se apresenta no clube desde maio.

O atleta, de 40 anos, que está treinando em São Paulo, alega ter cinco meses de salários atrasados e, por meio de uma liminar, poderá assinar contrato com outra equipe, que poderá ser o Santos. Segundo a Rádio Itatiaia, a ação trabalhista é de R$ 3,7 milhões, mas o clube poderá recorrer da decisão.

De partida do Galo. (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
De partida do Galo. (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
A diretoria do Atlético-MG chegou a propor um parcelamento da dívida na tentativa de obter um acordo amigável, mas a proposta não foi aceita por Ricardo Oliveira, que não esteve nos planos do técnico Jorge Sampaoli, assim como Franco Di Santo, Clayton, Ramón Martínez, Lucas Hernández e José Welison.

No final de 2017, Ricardo Oliveira chegou ao Atlético-MG para substituir Fred, que havia se transferido para o rival Cruzeiro.