Para não 'cruzeirar', Atlético-MG acerta dívida com Caracas-VEN por meia

O Galo corria risco de ser punido pela Fifa, assim como ocorreu com seu arquirrival

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 20 (AFI) - Para evitar uma punição da Fifa, semelhante ao do Cruzeiro, o Atlético Mineiro quitou uma situação com o Caracas, da Venezuela, pela contratação do meia Otero. O Galo pagou ao clube venezuelano a quantia de R$734.503,00. O fato foi comemorado nas redes sociais.

Mais uma conta paga. Quitamos, junto à FIFA, o valor de R$734.503,00, referente a contratação de Otero, junto ao Caracas, de 2016. Menos uma!”, publicou o presidente Sérgio Sette Câmara no Twitter.

Otero veio ao Atlético após boa passagem pelo Huachipato, do Chile. No entanto, o valor de R$ 734 mil repassado ao Caracas se tratava de um mecanismo de solidariedade da Fifa ao clube formador do atleta.

Atlético acerta dívida por Otero
Atlético acerta dívida por Otero

MAIS DE OTERO!
Otero tem 27 anos e foi revelado pelo Caracas. Passou por Huchipato até chegar no Atlético Mineiro, onde fez 32 jogos e marcou cinco gols. Jogou também na Arábia Saudita.