Um é pouco, dois é bom e três? Atlético-MG demonstra interesse em trio vascaíno

O clube carioca pediu R$ 14,5 milhões por Marrony, que tem contrato até o fim de 2021

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 05 (AFI) - Um é pouco, dois é bom e três é demais? Não para o Atlético-MG. Iniciando um novo trabalho, o técnico Jorge Sampaoli quer reforços e várias situações estão sendo monitoradas nesta paralisação do futebol. E três nomes do Vasco estão na lista: os volantes Andrey e Raul e o atacante Marrony.

O clube carioca pediu R$ 14,5 milhões por Marrony, que tem contrato até o fim de 2021. O pedido assustou o Galo, mas as conversas seguem. Não se sabe os valores para os outros dois jogadores.

NOVO PROJETO NO GALO

Qualquer negócio no Galo passa pelo diretor recém-chegado Alexandre Mattos. De um lado, um Atlético disposto a investir, até porque foi isso que fez Sampaoli fechar com o clube. Do outro, um Vasco endividado e desesperado por recursos, principalmente nesta situação de pandemia do coronavírus, o covid-19.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
PRATAS DA CASA

Marrony, de 21 anos, e Andrey, de 22, são pratas da casa. O atacante teve um bom início e chegou a despertar interesse do Newcastle, da Inglaterra, e pelos portugueses Porto e Sporting. Com a queda de rendimento, porém, nenhuma conversa avançou.

Andrey vive momentos de altos e baixos com a torcida. Com Luxemburgo sempre teve oportunidades e entrava bem durante os jogos. Mas assim que assumia a titularidade não conseguia manter as boas atuações, voltando para a reserva. Mas é jogador para ser titular no time de Ramon Menezes, novo técnico do Vasco.

REVELADO NO CEARÁ

Raul, de 23 anos, sempre foi homem de confiança de Vanderlei Luxemburgo, porém não é unanimidade entre os torcedores. Como não tem grande concorrência no setor, é titular do Vasco. Diferente dos outros dois, Raul não é prata da casa, vindo do Ceará em 2018.