Guga quer aproveitar chance em Curitiba para voltar a ser titular do Atlético-MG

O jogador perdeu espaço desde que deixou o time para defender a Seleção Brasileira no Torneio de Toulon

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 14 (AFI) - De olho na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana contra o La Equidad, da Colômbia, na próxima terça-feira, em Belo Horizonte, o técnico Rodrigo Santana utilizará mais uma vez um time alternativo do Atlético-MG em jogo pelo Campeonato Brasileiro. Neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15.ª rodada, a equipe alvinegra enfrentará o Athletico-PR e o lateral-direito Guga quer aproveitar a oportunidade para tentar retomar a titularidade.

Depois de servir a seleção brasileira olímpica em junho, quando participou da conquista do Torneio de Toulon, na França, Guga perdeu a condição de titular para Patric e agora deseja retomá-la.

"Tenho essa oportunidade para reconquistar a confiança de todo mundo e aproveitar para, quem sabe, voltar a ser titular. Desde que voltei da seleção, venho trabalhando muito para reconquistar o meu espaço e terei essa oportunidade agora, em um jogo que a gente sabe que é muito difícil", disse.

PENSAMENTO COLETIVO
Guga destacou a força do grupo atleticano e afirmou que a prioridade dos jogadores é dar o melhor em cada jogo para fazer sempre a própria parte, deixando de lado os resultados de outros jogos. No Brasileirão, o time ocupa a quarta colocação com 27 pontos, cinco atrás do líder Santos.

"Nosso maior foco é exercer o melhor a cada jogo, em prol do Atlético-MG, para ser melhor como equipe, taticamente, dar nossa identidade, que é lutar até o fim em todos os jogos. Então, estamos conseguindo isso jogo após jogo, isso tem se fortalecido, o grupo tem ganhado muito porque todo mundo que tem entrado tem resolvido, feito a diferença. Isso é importante, mostra que está todo mundo focado e querendo. Sábado, teremos mais uma prova de que o grupo está realmente focado e caminhando junto pelo mesmo objetivo. Que a gente possa se fortalecer e continuar com esse pensamento até o fim", comentou.

Sobre a partida deste sábado, o lateral-direito ressaltou que atuar na Arena da Baixada é sempre complicado em razão do campo, da pressão da torcida e dos números que o time paranaense apresenta como mandante.

"Vai ser um jogo que vai nos cobrar ao extremo o físico, a cabeça e o foco. Então, temos que estar muito preparados para jogar lá e desempenhar um bom futebol para conquistar os três pontos, que é o nosso maior objetivo", concluiu.