Libertadores: Para evitar surpresa, Atlético-MG promete ir para cima do Danubio

Apesar deste histórico negativo, dessa vez o cenário é mais positivo pelo fato de ter empatado fora de casa

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 12 - Ausente na Copa Libertadores do ano passado, o Atlético-MG não quer ficar pelo caminho na fase eliminatória, muito menos se for para repetir o desfecho das duas últimas participações, com eliminações dentro de casa no mata-mata. A missão da vez é contra o Danubio em jogo marcado para as 19h15 desta terça-feira, no Independência, pelo duelo de volta da fase preliminar.

O jogo de ida, no Uruguai, terminou empatado por 2 a 2. Uma vez que gols marcados fora de casa contam como critério de desempate, o time atleticano fica com a vaga se empatar sem gols ou por 1 a 1. Um novo empate por 2 a 2 é o único resultado que leva a decisão aos pênaltis, enquanto um 3 a 3 classifica o time uruguaio.

Nas duas últimas edições da Libertadores que o Atlético participou, a eliminação veio na fase do mata-mata, diante da torcida mineira. Em 2016, o time caiu para o São Paulo nas quartas de final, após perder por 1 a 0, no Morumbi. No ano seguinte, contra o Jorge Wilstermann, perdeu por 1 a 0 na Bolívia e empatou sem gols no Mineirão.

Para evitar surpresa, Atlético-MG promete ir para cima do Danubio
Para evitar surpresa, Atlético-MG promete ir para cima do Danubio
PRA CIMA

Apesar deste histórico negativo, dessa vez o cenário é mais positivo pelo fato de ter empatado fora de casa. O técnico Levir Culpi, no entanto, não quer o time jogando pelo empate. "Uma coisa é certa: nós não vamos jogar para defender a vantagem que nós temos. Não é o conceito do time, da camisa do Atlético. É outro conceito. É o conceito de jogar sempre para vencer", prometeu.

Uma das estratégias adotadas por Levir para buscar a vitória foi fechar o treino desta segunda-feira. Com todos à disposição, ele pode repetir a escalação utilizada no jogo da ida, mas indicou três possibilidades de alteração. O lateral-direito Guga vem de boas atuações e pode ficar com a vaga de Patric. José Welison pode entrar no lugar de Adilson e Maicon Bolt, na vaga de Chará.

Do lado do Danubio, o treinador Marcelo Méndez deve escalar o mesmo time que mandou a campo no Uruguai. Méndez e seus comandados sabem da dificuldade que vão enfrentar e aceitam o Atlético como favorito, assim como a própria imprensa uruguaia. "Vai ser uma partida muito difícil, mas teremos que jogar de maneira inteligente. Temos que fechar os espaços do rival", afirmou o goleiro Federico Cristóforo.

 
 
" />