Tomás Andrade se despede do Atlético-MG e deve retornar ao River Plate

A diretoria optou por não adquirir os seus direitos econômicos, que estavam fixados em cerca de R$ 15 milhões

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 06 - Após o encerramento do Campeonato Brasileiro, o meia Tomás Andrade abriu a temporada de despedidas no Atlético Mineiro. Emprestado ao clube pelo River Plate até o fim de 2018, o argentino não permanecerá na equipe em 2019, pois a diretoria optou por não adquirir os seus direitos econômicos, que estavam fixados em cerca de R$ 15 milhões.

Tomás Andrade chegou ao Atlético-MG em janeiro e disputou 31 jogos pelo clube. O argentino não conquistou a titularidade, mas foi peça importante do elenco enquanto a equipe foi dirigida por Thiago Larghi. Porém, não recebeu sequer uma oportunidade com Levir Culpi.

"Foi um período de muito aprendizado pessoal e profissional, e sei que ao mesmo tempo pude contribuir com alguns gols e assistências, embora nunca pude ter a sequência desejada", escreveu Tomás Andrade em mensagem de despedida publicada em seu perfil no Instagram.

Tomás Andrade deve retornar ao River Plate - Bruno Cantini / Atlético-MG
Tomás Andrade deve retornar ao River Plate
VALEU!
Embora tenha lamentado as poucas chances que recebeu, o argentino ao menos pôde festejar a classificação do Atlético-MG para a próxima edição da Copa Libertadores, assegurada com o sexto lugar no Campeonato Brasileiro.

"Se não foi como a gente planejava, pelo menos conseguimos uma grande meta, que foi retornar o time para a Libertadores de 2019, onde o Galo sempre tem que estar", escreveu. "Tenho orgulho de dizer que joguei pelo Atlético Mineiro e vou levar esse carinho comigo", concluiu.

Além de Tomás Andrade, já é certo que o zagueiro Juninho, emprestado pelo Palmeiras até o fim desta temporada, também não permanecerá no Atlético-MG. E outros jogadores também deverão deixar o clube nos próximos dias.

 
 
" />