Levir esconde escalação e pede 'atitude' ao Atlético-MG contra o Palmeiras

Levir escondeu a escalação para a partida ao longo da semana, e nesta sexta fechou o treino realizado na Cidade do Galo

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 09 - Em crise e correndo o risco de perder a vaga no G6, o Atlético-MG não terá vida fácil na rodada deste fim de semana do Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra encara no domingo o líder da competição, o Palmeiras, no Independência, e precisa vencer para seguir na zona de classificação para a Libertadores. Em busca deste objetivo, o técnico Levir Culpi pediu "atitude" de seus comandados.

"Esperamos mudar essa fase junto com a torcida. Esperamos uma atitude de conjunto que possa levar o Atlético-MG a um grande resultado, recuperar aquele prazer que temos nesses jogos que o time acorda e as coisas acontecem. Ninguém sabe qual vai ser o resultado. O Atlético-MG joga em casa, precisa da vitória, o Palmeiras quer ser campeão. A lógica é que tudo pode acontecer. O importante é demonstrar que estamos querendo", declarou nesta sexta-feira.

O Atlético-MG venceu apenas um dos últimos oito jogos, sendo que nos cinco mais recentes marcou apenas um gol. Com 46 pontos, a equipe tem o mesmo número do Santos, primeiro time fora da zona de classificação para a Libertadores. Por isso, a urgência de vitória.

Em busca deste objetivo, Levir escondeu a escalação para a partida ao longo da semana, e nesta sexta fechou o treino realizado na Cidade do Galo. O treinador garantiu que ainda não sabe a escalação que vai a campo no domingo, mas explicou que não deve fazer grandes mudanças.

"Ainda não defini completamente a formação do time, mas procuramos mexer o mínimo possível. A gente conversa com eles diariamente. Precisamos tomar atitude, o time precisa tomar atitude. Precisamos vencer rapidamente para manter o time em condição para disputar a Libertadores ano que vem", afirmou.

A principal dúvida de Levir está no meio de campo, entre Cazares e David Terans. Por isso, a tendência é que ele escale o Atlético-MG com: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, Terans (Cazares) e Chará; Ricardo Oliveira.

 
 
" />