Larghi mantém dúvida sobre substituto de Chará no Atlético-MG para domingo

O atacante colombiano está servindo a seleção em amistosos e é o principal desfalque do Galo na rodada

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 11 (AFI) - O técnico Thiago Larghi comandou mais um treino tático do Atlético-MG nesta quinta-feira, na Cidade do Galo, mas não foi desta vez que ele confirmou a escalação para encarar o América-MG neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A principal dúvida gira em torno do substituto de Chará.

Servindo à seleção colombiana nestas datas Fifa, Chará está fora da partida. Nesta quinta, Larghi começou o treino com Tomás Andrade em sua vaga, mas, momentos depois, tirou o argentino para escalar Leandrinho, o que fez com que a dúvida permanecesse. Isso porque o próprio Tomás reclamou de uma pancada no tornozelo direito e parece não estar 100% fisicamente.

"Tomei uma pancada ontem, uma pequena dor, e vamos ver a evolução nos próximos dias", explicou o argentino em entrevista coletiva nesta quinta. "Para mim, sempre que joguei, fui bem, tentei as coisas e, como sempre falei, nunca vou me esconder, sempre procuro pegar a bola, ir para cima. Acho que o Larghi confia em mim por isso, porque estou sempre à disposição. Claro que meu objetivo é jogar e não sair mais, mas a decisão é dele e tenho que aceitar."

Se o substituto de Chará é dúvida, a ausência de José Welison parece certa. Ainda sentindo dores após sofrer uma pancada no joelho direito na partida contra a Chapecoense, o volante segue sem treinar esta semana e fez trabalho na academia nesta quinta. Adilson trabalhou em seu lugar e deverá ser o escalado.

A tendência é que o Atlético-MG entre em campo com: Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, Cazares e Tomás Andrade (Leandrinho); Ricardo Oliveira. Maidana é uma das novidades na equipe e volta após cumprir suspensão na rodada passada.

"Fico feliz por estar voltando. Fiquei indignado por ter ficado fora da última partida, principalmente pela forma com que tomei o cartão no jogo contra o Sport. Mas são águas passadas. Agora, vou retomar a sequência que eu vinha tendo. Vai ser um jogo muito difícil, é um clássico mineiro e a gente precisa muito da vitória", comentou o zagueiro.

 
 
" />