Atlético-MG traça meta para pagar salários atrasados

A diretoria do Galo colocou um prazo para arcar com os vencimentos de setembro

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 31 (AFI) - O presidente do Atlético Mineiro, Sette Câmara, traçou uma meta para arcar com os salários atrasados. A diretoria do Galo deve aos jogadores os vencimentos do mês de setembro. No entanto, os atletas optaram por não falar no assunto e se dizem focados em levar o clube mineiro à Libertadores da América.

“Este mês foi o primeiro mês que eu realmente tive dificuldade, mas está aqui o nosso diretor financeiro, e nós estamos trabalhando juntos. O Carlos Fabel é uma pessoa extremamente competente e está me ajudando. Nós estamos criando condições para que a gente possa terminar este ano pagando tudo, sem nenhum atraso. Foi só um momento, que nós já estamos ajustando. Dentro de uma semana, uma semana e meia, duas semanas, a gente já vai colocar isso em ordem. Muitas vezes, as operações financeiras demandam um certo tempo, garantias, etc”, disse Sette Câmara durante entrevista coletiva.

Sette Câmara falou sobre a situação do Atlético-MG
Sette Câmara falou sobre a situação do Atlético-MG
“Quando eu assumi o Atlético, o Atlético já não tinha mais condição financeira para buscar dinheiro emprestado. Quando você pede um empréstimo e de repente não consegue fazer supermercado, pagar a escola dos filhos e pagar a dívida do banco, é hora de dar uma parada e pensar um caminho”, completou.

A derrota por 2 a 1 para o Ceará deixou o Atlético Mineiro na sexta colocação, com 46 pontos, mesma pontuação do Santos, quem ameaça sua vaga na Libertadores de 2019.

 
 
" />