Técnico exalta planejamento do Atlético-MG após vitória de virada em Curitiba

Essa avaliação tem relação com as críticas que a comissão técnica e a diretoria do Atlético-MG receberam nos últimos dias

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 14 - O técnico Thiago Larghi apontou que o planejamento da semana foi fator fundamental para o Atlético Mineiro superar o Atlético Paranaense por 2 a 1, domingo, na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo foi conquistado com uma virada na etapa final, após o time ir ao intervalo perdendo por 1 a 0.

Essa avaliação de Larghi tem relação com as críticas que a comissão técnica e a diretoria do Atlético-MG receberam nos últimos dias por causa da decisão de poupar os titulares no duelo de terça-feira com o San Lorenzo pela Copa Sul-Americana - o empate por 0 a 0 eliminou o time do torneio continental.

"Temos que ressaltar o planejamento durante a semana. Sofremos algumas criticas por utilizar o elenco mais inteiro que tínhamos na terça-feira, na Sul-Americana, mas acho que a gente teve um resultado muito positivo porque o grupo saiu fortalecido, ficou clara a atuação de alguns jogadores, muito bem na partida. A gente criou chances, não conseguimos a classificação, mas ficou um saldo positivo desses jogadores. Esse foi o planejamento que fizemos dentro da comissão técnica, mas com o apoio, também, do Alexandre Gallo e do presidente Sérgio (Sette Câmara). O planejamento nos ajudou a fazer um ótimo segundo tempo aqui, o time estava inteiro fisicamente, conseguiu ter intensidade até o final da partida e conseguimos um ótimo resultado", comentou o treinador.

Técnico exalta planejamento do Atlético-MG após vitória de virada em Curitiba
Técnico exalta planejamento do Atlético-MG após vitória de virada em Curitiba
Embora tenha vencido, o Atlético-MG teve dificuldades no primeiro tempo do duelo de domingo, quando foi vazado pelo Atlético-PR e acabou sendo dominado pelo adversário. Isso fez, inclusive, com que Larghi realizasse duas alterações no time na etapa inicial: Elias e Cazares foram a campo nos lugares de Luan e Otero, respectivamente. O treinador explicou as trocas e destacou o crescimento que a equipe teve.

"A gente viu que o primeiro tempo não estava agradando, não estávamos jogando com intensidade e o Atlético-PR estava jogando de forma confortável até na partida. A gente entendeu que era hora de mexer e os jogadores entraram bem, dando uma motivação e um gás extra, e fizeram uma ótima partida. No segundo tempo, conseguimos reverter bem e chegamos ao resultado favorável", avaliou.

Com a vitória, o Atlético-MG chegou aos dez pontos, em terceiro lugar no Brasileirão, atrás de Flamengo e Corinthians nos critérios de desempate. O time voltará a jogar na quarta-feira, quando vai visitar a Chapecoense, na Arena Condá, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil - o duelo de ida terminou empatado em 0 a 0.

 
 
" />