Mineiro: Larghi festeja avanço do Atlético-MG, mas alerta que 'ainda há muito a se fazer'

"A classificação era o mais importante e, hoje (quinta), nós conseguimos", comemorou o atacante Ricardo Oliveira

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 09 - Depois de ver o Atlético-MG vencer o Uberlândia por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Parque do Sabiá, o técnico Thiago Larghi festejou o resultado que garantiu ao time a classificação antecipada às quartas de final do Campeonato Mineiro, cuja última rodada da primeira fase será neste final de semana.

O treinador, porém, procurou conter a euforia ao lembrar que o time precisa seguir se empenhando se quiser ter maiores chances de conquistar o título estadual em meio a esta temporada na qual vem mostrando muita instabilidade dentro de campo.

Mineiro: Larghi festeja avanço do Atlético-MG, mas alerta que 'ainda há muito a se fazer' (Foto: Divulgação / CAM)
Mineiro: Larghi festeja avanço do Atlético-MG, mas alerta que 'ainda há muito a se fazer' (Foto: Divulgação / CAM)
"Temos que valorizar a classificação, mas sabendo que ainda há muito para se fazer. A gente sabe que é início de trabalho, os jogadores estão se comprometendo com o melhor jogo possível, mas isso demanda treinamento. Foi uma vitória dos jogadores, que se empenharam bem, conseguiram fazer um ótimo segundo tempo e conquistaram a vitória", afirmou o comandante, em entrevista coletiva em Uberlândia.

Com o resultado desta quinta, o Atlético-MG assumiu a terceira posição do Campeonato Mineiro, com 15 pontos, antes de encerrar a sua participação nesta fase da competição contra o Tombense, domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Ao analisar o desempenho da sua equipe em Uberlândia, Larghi também admitiu que o time ficou devendo uma melhor atuação no primeiro tempo, que terminou empatado por 0 a 0, mas exaltou a evolução exibida na etapa final, na qual os atacantes Ricardo Oliveira e Luan marcaram os gols do triunfo atleticano.

"O time desempenhou um bom jogo, ainda que o primeiro tempo não tenha sido aquilo que a gente esperava, faltou um pouco de contundência, a gente estava trocando passes, mas não conseguia entrar e finalizar. No um contra um, a gente poderia ter sido um pouco mais contundente. Mesmo assim, considerando o todo, foi um bom jogo. A equipe desempenhou bem, trocou passes, criou inúmeras chances e fez dois gols", destacou.

Luan, por sua vez, reconheceu após o final do confronto que o Atlético "vem oscilando no Mineiro", mas comemorou o fato de que ele está conseguindo corresponder quando entra na equipe no decorrer do segundo tempo, assim como aconteceu nesta quinta.

"Domingo tem o Tombense (como rival) e espero jogar para pegar ritmo porque é difícil entrar sempre no segundo tempo, mas, graças a Deus, estou sempre entrando bem", disse.

Já Ricardo Oliveira ressaltou a importância de o time ter assegurado por antecipação a sua vaga nas quartas de final do Estadual e deixou em segundo plano o fato de que abriu o placar do duelo em Uberlândia.

"A classificação era o mais importante e, hoje (quinta), nós conseguimos", comemorou.

 
 
" />